Tamanho do texto

Candidato único para substituir Carlo Tavecchio, o ex-mandatário da terceira divisão italiana foi escolhido por quase 98% em assembleia eleitoral

O ex-mandatário da Lega Pro (terceira divisão do futebol da Itália) Gabriele Gravina foi eleito nesta segunda-feira (22) como o novo presidente da Federação Italiana de Futebol (Figc).

Leia também: Cristiano Ronaldo diz estar tranquilo sobre acusação de estupro contra ex-modelo

Gabriele Gravina foi eleito novo presidente da Federação Italiana de Futebol
Divulgação
Gabriele Gravina foi eleito novo presidente da Federação Italiana de Futebol

Gabriele Gravina, de 65 anos, ganhou a eleição com 97,20% dos votos, em uma assembleia eleitoral em Roma. O cartola era o único candidato para substituir o ex-presidente Carlo Tavecchio e agora é o presidente da Federação Italiana de Futebol .

"Agradeço a todos pelo apoio. Gabriele é um de vocês, que quer mudar e relançar o futebol italiano. Nós mudamos de direção, nosso objetivo é cultivar a paixão de muitos dirigentes do futebol italiano para garantir que haja o máximo de profissionalismo", disse o novo presidente da Figc.

Leia também: Mbappé supera Neymar e Cavani e é eleito pela torcida o mais querido do PSG

"Vamos responder com fatos, comportamentos e trabalho, devemos saber sonhar, planejar e acreditar que o futebol não pode mais esperar, vamos juntos", acrescentou Gravina. O novo líder da Figc informou que sua "primeira prioridade do mandato" será formar o mais brevemente possível o novo conselho da entidade.

"Gravina é a escolha certa, conhece o mundo do futebol e, acima de tudo, não olha para o passado, mas para o futuro", disse o presidente do Napoli, Aurelio De Laurentiis. Já o presidente da Fifa, Gianni Infantino, afirmou que "uma federação forte é necessária" para a Azzurra prosperar.

Leia também: Fratura no braço faz Messi ter dificuldades para dormir; médicos pedem paciência

Gabriele Gravina é conhecido na Itália por sua gestão à frente do Castel di Sangro, guiando o pequeno clube da região de Abruzzo a uma histórica promoção para a Série B na temporada 1996/1997. A Figc estava sob intervenção do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni) desde janeiro, devido ao impasse para escolher o sucessor de Tavecchio, mas finalmente um novo presidente da Federação Italiana de Futebol foi escolhido.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.