Tamanho do texto

Atacante brasileiro brilhou na goleada por 6 a 1 sobre o Estrela Vermelha, na França, em jogo válido pela segunda rodada da Liga dos Campeões

Neymar foi substituído no fim do jogo do PSG e brincou com o técnico Thomas Tuchel
L'Equipe / Reprodução
Neymar foi substituído no fim do jogo do PSG e brincou com o técnico Thomas Tuchel

Grande nome da goleada do PSG por 6 a 1 diante do Estrela Vermelha , pela Liga dos Campeões da Europa , o atacante Neymar foi substituído no final da partida, sendo ovacionado de pé pelos torcedores que foram ao Parque dos Príncipes.

Neymar foi substituído depois de anotar três gols e, ao sair de campo, as câmeras de TV flagraram uma conversa que teve com o técnico Thomas Tuchel à beira do gramado.

"Eu falei para ele: 'não me tira não, pô'. Mas foi uma brincadeira, eu tenho uma grande afinidade com ele. Então a gente conversa bastante. Mas foi isso ali no canto. Eu sempre quero jogar os 90 minutos", disse o brasileiro na zona mista.

Com o hat-trick contra o time sérvio, Neymar igualou a marca de Kaká como segundo jogador brasileiro com mais gols na história da Champions League , ambos com 30 tentos. O líder é Rivaldo, que marcou 31.

Leia também: "Ele é a Kim Kardashian do futebol", diz ex-jogador inglês sobre Neymar

"São dois grandes craques, a importância deles no futebol mundial foi muito grande. São dois grandes ídolos brasileiros, ainda mais pra nós. Somos feliz por terem nascido no Brasil. Então, estou muito feliz de ter igualado a marca deles. São dois jogadores que eu respeito bastante. E também estou muito feliz por ter ajudado a minha equipe também", continuou o camisa 10 do PSG.

Neymar foi substituído depois de fazer três gols sobre o Estrela Vermelha
L'Equipe / Reprodução
Neymar foi substituído depois de fazer três gols sobre o Estrela Vermelha

O brasileiro falou também sobre a caminhada do PSG na Champions, agora com uma derrota (contra o Liverpool) e uma vitória. O próximo desafio será diante do Napoli, também na França.

"A gente já sabia antes de começar a Champions, o nosso time tem elenco para ser campeão. Mas não basta só ficar nos nomes, só ficar no elenco, e sim mostrar o futebol que a gente tem. Mas é o início ainda, sabemos que tem muito pela frente. A gente quer melhorar a cada jogo, a cada treino, e é isso que a gente busca no campeonato", finalizou.

Leia também: Neymar fala sobre jogar em nova posição no PSG e elogia Paquetá: "Craque"

Neymar foi substituído pelo técnico Tuchel já nos minutos finais da partida, depois de fazer dois gols de falta e um outro recebendo passe de Mbappé. O jovem francês, Cavani e Di Maria anotaram os outros tentos do PSG no duelo.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.