Tamanho do texto

Atacante brasileiro se consolidou na artilharia da competição e comemorou: "Noite mais que especial. É a melhor fase da minha carreira"

O atacante Diogo é, literalmente, o dono da bola no futebol tailandês. Nesta quarta-feira, o brasileiro marcou três gols na vitória do Buriram United sobre o Air Force Central,
por 4 a 2, em jogo válido pela penúltima rodada do Campeonato Tailandês, superou a marca de 100 na história da competição e se consolidou na artilharia do torneio.

Leia também: Jornal diz que Milan estuda contratar Ibrahimovic por seis meses, em janeiro

Diogo marca três, supera os 100 gols no Tailandês e sai como o dono da bola
Divulgação
Diogo marca três, supera os 100 gols no Tailandês e sai como o dono da bola

“Foi uma noite mais que especial para mim. E digo isso não só por ter superado os 100 gols, pois são poucos jogadores na história que conseguiram chegar a este número no
Campeonato Tailandês, mas eu sou o único que consegui marcar 100 gols por uma mesma equipe nesta competição", disse o atacante, que saiu do jogo como o dono da bola .

"Estou muito feliz e esta noite ficará para sempre na minha memória”, acrescentou Diogo, que por ter feito o hat-trick ganhou de presente a bola da partida. Já campeão tailandês
de 2018 de forma antecipada, o Buriram foi a campo mais uma vez apenas para cumprir tabela.

Diogo, porém, estava inspirado e marcou dois gols de cabeça e um em bela cobrança de falta. “Acho que esta é a melhor fase da minha carreira até por conta da maturidade. Também
comemoro o fato de não ter tido nenhuma lesão nesta temporada. Por este conjunto, sem dúvidas, é uma grande fase que estou vivendo”, enfatizou o atacante, de 31 anos.

Leia também: Membros de organizada do Napoli agridem torcedores do Liverpool na Itália

Contratado pelo Buriram no início de 2015, Diogo já marcou 101 gols em 103 partidas disputadas na história do Campeonato Tailandês. Neste período, em quatro disputas, o
brasileiro faturou três vezes o título (2015, 2017 e 2018) e foi o artilheiro em duas ocasiões.

Em 2015 fez 33 gols e, agora, em 2018, já marcou 34 vezes e ainda resta a última rodada, que será disputada no próximo domingo, contra o Ratchaburi. Com isso, Diogo é o quarto
jogador que mais fez gols na história da competição, mas é o que tem a melhor média e o que precisou de menos edições do torneio para conseguir tal feito.

Com média de 0,98 gol por jogo, o atacante supera o compatriota Cleiton Silva, que tem média de 0,62 (120 gols em 194 jogos em nove temporadas), o tailandês Teerasil Dangda, que
tem média de 0,45 (111 gols em 247 partidas em nove temporadas), e o tailandês Pipob On-Mo, que tem média de 0,27 (108 gols em 404 partidas em 12 temporadas).

Leia também: Capitão do Manchester United curte post pedindo a saída de José Mourinho

Com 11 títulos em quatro anos pelo clube, Diogo, que já marcou 132 gols e deu 44 assistências em 154 partidas disputadas pelo Buriram, ainda poderá conquistar outro troféu em 2018, já que sua equipe fará a final da FA Cup no próximo dia 26 de outubro, contra o Chiangrai United. Por todos esses motivos que ele é o dono da bola .

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.