Tamanho do texto

Juninho Bacuna, do Huddersfield, não podia ter uma estreia pior, além do gol contra marcado e da lesão, seu time ainda foi eliminado da competição

Juninho Bacuna sente a lesão após anotar gol contra quase do meio de campo
Getty Images
Juninho Bacuna sente a lesão após anotar gol contra quase do meio de campo

As equipes de Huddersfield e Stoke City se enfrentaram nesta semana pela Copa da Liga Inglesa e um gol contra foi o que mais chamou atenção na partida.

Leia também:Bicicleta de Cristiano Ronaldo leva prêmio de gol mais bonito da Uefa; assista

O jovem holandês Juninho Bacuna fazia sua estreia pelo Huddersfield e aos 52 minutos, quando seu time perdia por 1 a 0 e estava sendo eliminado, ele marcou um gol contra quase do meio de campo e ainda se machucou.

O jogo já estava nos acréscimos e o time tentava o empate quando uma bola sobrou para o garoto, de 21 anos, que tentou dar um chutão pra frente e errou, encobrindo seu goleiro e definindo a classificação do Stoke.


Leia também: Goleiro Lloris sobre prisão por dirigir embriagado: "Foi uma semana difícil"

Pra piorar a situação de Bacuna, ele ainda se lesionou no lance e precisou ser retirado do gramado pelos médicos.

Treinador defende autor do gol contra

Treinador defendeu o autor do gol contra em entrevista coletiva
reprodução / Twitter
Treinador defendeu o autor do gol contra em entrevista coletiva

O técnico do Huddersfield, David Wagner, aproveitou a coletiva de imprensa para sair em defesa de Juninho Bacuna.

“Ele é jovem, foi seu primeiro jogo e cometeu erros, sim, mas ele foi corajoso e fez algumas coisas boas também”, disse o treinador.

Insatisfeito com a atuação do time, o comandante reduziu também a importância do gol na partida.

Leia também: Jogadores do Santos atacam a Conmebol e Cuca critica o clube

“Foi um gol contra extraordinário, com certeza, mas esse não foi o maior momento do jogo para mim”, finalizou Wagner, falando sobre o gol contra de Bacuna.