Tamanho do texto

Ex-companheiro de equipe do atual treinador do Real Madrid, Beckham demonstrou sua torcida ao time merengue na decisão da Champions

Zidane e Beckham atuaram juntos por três temporadas no Real Madrid
Reprodução
Zidane e Beckham atuaram juntos por três temporadas no Real Madrid

A final da Liga dos Campeões 2017/18 vai acontecer neste próximo sábado (26). Em Kiev, na Ucrânia, Real Madrid e Liverpool vão se enfrentar na grande decisão. Ex-jogador do clube merengue, David Beckham se encontrou com o ex-companheiro de equipe e atual treinador do clube, e fez um pedido.

Leia também: Salah interrompe jejum do Ramadã para a decisão da Liga dos Campeões

"Eu quero parabenizar o Zidane ter sido de longe, incrível, para o Real Madrid. Por ter sido um jogador de sucesso e agora um chefe de sucesso, o grande chefe, é incível. Então eu só gostaria de desejar a Zizou, o grande chefe, ao presidente e ao clube, boa sorte na final da Champions League. Vençam o Liverpool, por favor", disse Beckham, rasgando elogios ao francês.

Leia também: "Alguém dê uma foto de Salah a Marcelo para que ele comece a rezar"

Vale ainda recordar que Zidane e Beckham foram companheiros de time no Real Madrid entre os anos de 2003 e 2006. O ex-jogador inglês, no entanto, ainda foi revelado pelo rival do Liverpool, Manchester United, e lá permaneceu por dez anos. 

Leia também: Entenda por que o papa Francisco terá que torcer para o Real Madrid na Champions

Entenda por que o papa Francisco terá que torcer para o Real na Champions

Papa Francisco é fã de futebol e torce para o San Lorenzo, da Argentina
Reprodução/Twitter
Papa Francisco é fã de futebol e torce para o San Lorenzo, da Argentina

O papa Francisco, todos sabemos, é argentino, gosta muito de futebol e torce para o San Lorenzo, clube tradicional do seu país natal - ele, inclusive, tem a carteirinha de sócio e paga a mensalidade em dia até hoje. Mas e na final da Champions League , qual seria a preferência dele?

Real Madrid e Liverpool decidem o campeão europeu no próximo dia 26 de maio, em Kiev, na Ucrânia, e a história mostra que o papa Francisco terá que torcer para o time comandado por Zidane levar a taça. Mas por qual motivo? Coincidência ou não, em dois anos que o Liverpool sagrou-se campeão da Liga dos Campeões, em 1978 e 2005, um dos príncipes da Inglaterra casou-se e o papa naquela ocasião morreu.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas