Veja as coincidências macabras com papas, príncipes da Inglaterra e títulos do Liverpool na Liga dos Campeões

Papa Francisco gosta de futebol e torce para o San Lorenzo
Reprodução/Twitter
Papa Francisco gosta de futebol e torce para o San Lorenzo

O papa Francisco, todos sabemos, é argentino, gosta muito de futebol e torce para o San Lorenzo, clube tradicional do seu país natal - ele, inclusive, tem a carteirinha de sócio e paga a mensalidade em dia até hoje. Mas e na final da Champions League , qual seria a preferência dele?

Leia também: Irmão de Pogba abandona jogo no fim e depois apanha dos companheiros; vídeo

Real Madrid e Liverpool decidem o campeão europeu no próximo dia 26 de maio, em Kiev, na Ucrânia, e a história mostra que o  papa Francisco terá que torcer para o time espanhol levar a taça.

Mas por qual motivo?

Coincidência ou não, em dois anos que o Liverpool sagrou-se campeão da Liga dos Campeões, em 1978 e 2005, um dos príncipes da Inglaterra casou-se e o papa naquela ocasião morreu.

Leia também: Di María é alvo do Atlético de Madri para substituir Griezmann, diz rádio

Em 2018, o clube inglês pode ser campeão da Champions pela quinta vez na sua história e o príncipe Harry já está de casamento marcado para este mês de maio. É claro que nada deve acontecer com o pontífice argentino em caso de título do Liverpool, mas vale registrar a incrível coincidência mórbida.

Em 1978

Papa João Paulo I morreu em 1978
Reprodução
Papa João Paulo I morreu em 1978

Nesta temporada, o Liverpool venceu o Club Brugge, da Bélgica, por 1 a 0 na grande final da Liga dos Campeões e ficou com o título. O príncipe Michael of Kent casou-se com a baronesa Maria Cristina von Reibnitz, em junho. E um pouco mais tarde, no mês de setembro, o papa João Paulo I foi encontrado morto possivelmente após sofrer um ataque cardíaco ou embolia pulmonar.

Em 2005

Papa João Paulo II morreu em 2005
Reuters
Papa João Paulo II morreu em 2005

Na final diante do Milan, o Liverpool buscou o empate por 3 a 3 e venceu nos pênaltis. Um pouco antes da decisão, o príncipe Charles confirmou sua união com Camilla Parker-Bowles. E no mês de outubro, o carismático papa João Paulo II, já com a doença de Parkinson em estado avançado, faleceu no Vaticano.

Leia também: Liverpool fica perto de substituto de Coutinho por R$ 300 milhões

Caso o clube inglês conquiste o título neste ano de 2018, fica nossa torcida para que nada aconteça com o papa Francisco e que esse histórico não se confirme. Além de 1978 e 2005, o Liverpool também conquistou a competição em 1977, 1981 e 1984, sem qualquer coincidência desse tipo.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.