Tamanho do texto

Cinco principais liga do Velho Continente gastaram, juntas, R$ 3,5 bilhões em contratações somente no mês de janeiro de 2018

Philippe Coutinho no Barcelona: a contratação mais cara do inverno de 2018 dos clubes da Europa
Divulgação
Philippe Coutinho no Barcelona: a contratação mais cara do inverno de 2018 dos clubes da Europa

A janela de transferências de inverno do futebol da Europa foi a mais movimentada do continente da última década. Nunca antes os clubes europeus tinham gastado tanto no início do ano. Em janeiro de 2018, somente as cinco principais ligas (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália), investiram, juntas, um total de 911 milhões de euros. O valor equivale a R$ 3,5 bilhões.

LEIA TAMBÉM: Clube da Premier League afasta diretor por conduta racista

De acordo com o site Transfermarkat , a quantia é mais que o dobro da média dos últimos nove anos anteriores, que é de 375 milhões de euros, ou seja, R$ 1,4 bilhão. No entanto, se compararmos à janela do verão europeu, somente entre julho e agosto de 2017, os clubes das cinco mais importantes ligas do continente gastaram 4,2 bilhões de euros (R$ 16,5 bilhões).

O brasileiro Philippe Coutinho foi o que mais contribuiu para o recorde de inverno. O meia deixou o Liverpool rumo ao Barcelona por um valor de 120 milhões de euros. O também brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa aparece na terceira posição, com 66 milhões de euros. Lucas Moura, ex-PSG, integrou o Tottenham no último dia da janela em transação de 28,4 milhões de euros.

LEIA TAMBÉM: Clube da Turquia faz a primeira contratação da história via bitcoin

10 maiores contratações do inverno europeu de 2018:

1º Philippe Coutinho (meia, brasileiro): 120 milhões de euros
Do Liverpool-ING para o Barcelona-ESP

2º Virgil van Dijk (zagueiro, holandês): 78,8 milhões de euros
Do Southampton-ING para o Liverpool-ING

3º Diego Costa (atacante, brasileiro): 66 milhões de euros
Do Chelsea-ING para o Atlético de Madri-ESP

4º Aymeric Laporte (zagueiro, espanhol): 65 milhões de euros
Do Athletic Bilbao-ING para o Manchester City-ING

5º Pierre Aubameyang (atacante, gabonês): 63,8 milhões de euros
Do Borussia Dortmund-ALE para o Arsenal-ITA

6º Cedric Bakambu (atacante, françês): 40 milhões de euros
Do Villarreal-ESP para o Beijin Guoan-CHN

7º Iñigo Martínez (zagueiro, espanhol) - 32 milhões de euros
Do Real Sociedad-ESP para o Athletic Bilbao-ESP

8º Lucas Moura (atacante, brasileiro): 28,4 milhões de euros
Do Paris Saint-Germain-FRA para o Tottenham-ING

9º André Ayew (meia, ganês): 22,8 milhões de euros
Do West Ham-ING para o Swansea-GAL

10º Theo Walcott (atacante, inglês): 22,5 milhões de euros
Do Arsenal-ING para o Everton-ING

LEIA TAMBÉM: Neymar deixa adversário no vácuo, é criticado e rebate: "Futebol está chato"

Dentre os clubes, o Barcelona foi o que mais gastou em janeiro de 2018. O time da Catalunha é seguido ainda por Liverpool, Manchester City, Atlético de Madri e Arsenal. Consequentemente, o Liverpool foi o que mais lucrou. Southampton, Borussia Dortmund, Chelse e Athetic Bilbao aparecem seguidos da equipe do Campeonato Inglês.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.