Tamanho do texto

Camisa 10 do PSG estaria incomodado com a quantidade de faltas sofridas, já que estilo de jogo na França é diferente do Campeonato Espanhol

Neymar Jr considera o Campeonato Francês
Reprodução
Neymar Jr considera o Campeonato Francês "muito defensivo e fisicamente violento"

Neymar estaria um tanto quanto arrependido de ter trocado o Campeonato Espanhol pelo Campeonato Francês. Segundo informações do jornal L'Équipe , o brasileiro considera o estilo de jogo "muito defensivo e fisicamente violento". Na França , o atacante fica incomodado com o número excessivo de faltas sofridas.

LEIA TAMBÉM: Uefa aprova contratações de Neymar e Mbappé dentro do fair play financeiro

De acordo com o periódico, a insatisfação está na competição e não com o Paris Saint-Germain. Assim, o descontentamento de Neymar teria chegado até os responsáveis pela Ligue 1, que ficaram preocupados. Afinal, o Campeonato Francês já não seria o mesmo sem o futebol do brasileiro.

O desejo de deixar o país ficou ainda maior após a vitória do PSG em cima do Dijon, pela 21ª rodada do Campeonato. Na ocasião, o time da capital venceu por 8 a 0 e o camisa 10 foi responsável por quatro das marcações. No entanto, foi vaiado pela torcida de seu clube por não ter oferecido a bola para Cavani em uma cobrança de pênalti.

LEIA TAMBÉM: Ronaldo Fenômeno critica ida de Neymar ao PSG: "Foi um passo para trás"

Nota 10 no Francês

Com atuação impecável na goleada contra o Dijon, o brasileiro ainda deu duas assistências e recebeu seu reconhecimento pelo principal veículo esportivo da França, o  L'Équipe . O camisa 10 foi atribuído com uma nota máxima no Campeonato Francês , o segundo da história.

"Neymar jogou muito e bagunçou a defesa do Dijon. Uma festa pontuada por quatro gols e duas assistências. É por esses momentos de graça, por esse tipo de sequências de passes deslumbrantes que o brasileiro vale 222 milhões de euros. No mundo, só deve existir três ou quatro jogadores capazes de fazer o que o atacante fez contra Dijon", disse o periódico francês, justificando a nota 10.

LEIA TAMBÉM: Ex-presidente do Real Madrid fala sobre Neymar no clube: "Não é piada"

Coincidentemente, o único jogador que já havia recebido a maior nota por desempenho no Campeonato Francês antes de Neymar também era brasileiro. Carlos Eduardo, na temporada de 2014/2015 havia sido emprestado do Porto para o Nice. A nota 10 foi recebida após o meia marcar cinco gols na vitória por 7 a 2 contra o Guingamp.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.