Lance

Melhores do ano
FIFA/ Divulgação
Melhores do ano


Favorito ao prêmio de melhor jogador do mundo (o “The Best”), que será anunciado pela Fifa nesta quinta-feira, o polonês Robert Lewandowski pode repetir o que apenas duas pessoas conseguiram nos últimos anos: vencer Messi e Cristiano Ronaldo .


Após ganhar a Liga dos Campeões , o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha na última temporada, sendo o artilheiro em todas as competições, o jogador de 32 anos vive o auge de sua carreira. Receber o maior prêmio individual do futebol só coroará a brilhante e fantástica temporada que o atleta fez em 2019/20.

Você viu?


E caso a expectativa se confirme, Lewa repetirá o feito de Modric em 2018, que ganhou a honraria após dez anos consecutivos com Messi ou C ristiano Ronaldo levantando o troféu. Antes da dupla, o último a ser eleito o melhor do mundo havia sido o brasileiro Kaká , que deixou o argentino em segundo e o português em terceiro em 2007.

Messi e Cristiano Ronaldo acostumaram os torcedores e amantes do futebol com temporadas em altíssimo nível e suas escolhas à briga pelo prêmio, disputando com Lewandowsk i, foram questionadas por parte do público. Afinal, fazer 37 gols em 46 jogos, no caso do português, e fazer 31 gols em 44 partidas, se tratando do argentino, são temporadas “fracas”.

Para qualquer outro atleta em atividade no mundo, tais números seriam espetaculares. Mas o que parecia impossível aconteceu e os dois gênios foram abaixo do que em anos anteriores. E se os dois não tiveram o protagonismo de outrora, Lewandowski não decepcionou. Em 47 jogos pelo Bayern de Munique, o camisa 9 marcou incríveis 55 gols.

Se a escolha por Modric em 2018 foi contestada por parte dos torcedores, a iminente conquista de Lewandowski será mais do que merecida. Mas o polonês parece não estar satisfeito. Na atual temporada, o camisa 9 já balançou as redes 16 vezes em 16 jogos. Será que uma nova dinastia vem por aí?

Lewandowski mostrou repertório para fazer seus 55 gols na temporada passada. Apesar do seu 1,85m de altura, o polonês é ágil e tem uma explosão que assusta qualquer marcador. Centroavante de ofício, o artilheiro não é apenas o goleador de um só toque.

Além dos 55 gols pelo Bayern de Munique , Lewandowski também balançou as redes quatro vezes em dois jogos com a camisa da Polônia, totalizando, assim, 59 gols na última temporada.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários