Tamanho do texto

Confira todos os detalhes do jogo que aconteceu neste sábado (17)

Lance


jogo do vasco x flamengo arrow-options
Ricardo Botelho/Brazil Photo Press/Agencia O Globo
O jogador De Arrascaeta do Flamengo durante partida contra Vasco, válida pela 15ª rodada do Brasileirão, no sábado (17)

O público no Mané Garrincha, neste domingo, presenciou uma montanha russa de emoções - onde o Flamengo ficou mais no alto. Com dois gols de Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta de pênalti, o Rubro-negro atropelou o Vasco por 4 a 1, neste domingo, assumindo a vice-liderança provisória do Brasileiro. O Cruz-maltino, por sua vez, teve uma noite para esquecer. Pikachu e Bruno César pararam em Diego Alves duas vezes, em pênaltis, e descontaram com Leandro Castan.

Leia também: Corinthians domina Botafogo e continua invicto após a Copa América

Pelo Brasileirão , o Vasco volta a campo contra o São Paulo no domingo, em São Januário, às 16h, enquanto o Flamengo visita o Ceará no Castelão, às 19h. Mas, antes, o Rubro-negro começa a decidir as quartas de final da Libertadores, contra o Internacional, na quarta-feira, no Maracanã.

Cruz-maltino seduz gol...

Fazendo jus à magnitude do confronto, o clássico em Brasília começou soltando faísca a cada dividida. Forte pela direita, o Vasco foi o primeiro a flertar com o gol. Lançado por aquele lado, Raul venceu a marcação de Mari, invadiu a área e finalizou no contrapé de Diego Alves, que fez grande defesa com a ponta do pé-esquerdo. Depois, foi a vez de Pikachu. O camisa 22 ganhou de Filipe Luís, e também da área, soltou uma bomba no travessão.

...Bruno Henrique conquista!
Apesar das chances do Vasco, o Flamengo era quem mais pressionava a saída de bola adversária e tinha maior volume de jogo. O desempenho da equipe de Jorge Jesus foi premiado no fim da primeira etapa. Bruno Henrique tabelou com Arrascaeta e, de antes da meia-lua, colocou no ângulo de Fernando Miguel, que nem se mexeu. Era o 1 a 0 do Mengo no Mané Garrincha.

Leia também: Adrian falha feio, mas Roberto Firmino marca e Liverpool vence fora de casa

Rei dos clássicos!
O Flamengo voltou do intervalo avassalador, enterrando o Cruz-maltino no campo de defesa. Aos cinco, Bruno Henrique tabelou com Cuéllar, recebeu lindo passe do colombiano na área e, dividindo com Richard, encobriu Fernando Miguel. Recém-convocado para a Seleção Brasileira, o atacante chegava ao seu segundo gol na partida e o 17º no ano - sendo nove deles, em clássicos.

Vasco na montanha russa
Aos 11 da segunda etapa, o Gigante da Colina embarcou em um sobe e desce de emoções. Primeiro, o árbitro Vuaden, com auxílio do VAR, marcou toque de mão de Thuler, na área, e o pênalti para o Vasco. Pikachu bateu e parou em Diego Alves, defendeu em seu canto esquerdo. O Flamengo ainda celebrava a defesa quando, no escanteio, viu Castan subir mais do que todo e diminuir para o Vasco. O time da Gávea, porém, não se abateu e voltou a pressionar. Aos 16, Gabigol pegou o rebote da grande defesa de Fernando Miguel em cabeceio de BH27, e fez o terceiro da onda rubro-negra em Brasília.

​Que clássico!
O clássico que poderia ser de reviravoltas, seguiu em tom vermelho e preto. Novamente com auxílio do VAR, Vuande viu pênalti de Arrascaeta em Castan. Dessa vez, Bruno César partiu para a cobrança que, mais uma vez, parou na atuação monumental de Diego Alves. No contra-ataque após a defesa, Bruno Henrique foi puxado na área por Henríquez e o Fla teve a penalidade ao seu favor. Arrascaeta deslocou Fernando Miguel, e completou o show rubro-negro em Brasília.

Leia também: Modric expulso, golaço de Kroos... Real Madrid estreia no Espanhol com vitória

FICHA TÉCNICA
VASCO X FLAMENGO


Estádio: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data-hora: 17 de agosto de 2019, às 19h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC-Fifa) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Árbitro de vídeo: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Público e renda: 65.418 pessoas; R$ 5.285.443,00.
Gramado: Ruim
Cartões amarelos: Rodinei (FLA)
Cartões vermelhos: não houve.

GOLS: Bruno Henrique 41’/1ºT (0-1), Bruno Henrique 05’/1ºT (0-2), Leandro Castan 14’/2ºT (1-2), Gabriel B. 16'/2ºT (1-3), Arrascaeta 37'/2ºT (1-4)

VASCO (Técnico: Vanderlei Luxemburgo)
Fernando Miguel, Cáceres (Bruno César, 21/2ºT) Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Richard, Raul e Lucas Mineiro (Andrey 24'/2ºT); Yago Pikachu, Marquinho (Tiago Reis, 09’/2ºT) e Talles

FLAMENGO (Técnico: Jorge Jesus)
Diego Alves, Rodinei, Thuler, Pablo Marí e Filipe Luís; Cuéllar, Willian Arão, Gerson (E. Ribeiro, 22'/2ºT) e Arrascaeta (Piris, 42'/2ºT); Bruno Henrique e Gabriel Barbosa (Berrío, 32/2ºT).