Tamanho do texto

VAR entrou em ação na expulsão do meia croata e também para anular um gol do Celta de Vigo

Lance

Toni Kroos marcou um golaço na vitória do Real Madrid em Vigo arrow-options
Twitter Oficial/Reprodução
Toni Kroos marcou um golaço na vitória do Real Madrid em Vigo

Em jogo movimentado, o Real Madrid venceu o Celta de Vigo, fora de casa, por 3 a 1 e estreou com vitória no Campeonato Espanhol . Benzema, Kroos e Lucas Vázquez fizeram os gols da partida, com Losada descontando.

O VAR também foi protagonista, pois anulou um gol da equipe mandante e expulsou Modric. Vinícius Júnior foi titular no Real Madrid , mas teve atuação discreta. Os Merengues, porém, souberam administrar a vitória.

BOM INÍCIO

O Real Madrid começou a partida com Vinícius Júnior e Gareth Bale titular. A equipe, mesmo jogando fora de casa, pressionou o Celta em busca do gol. Karin Benzema fez o primeiro gol da temporada merengue. Após boa jogada de Bale, o francês, oportunista, apareceu na pequena área para completar o cruzamento.

VAR SALVA

O Celta de Vigo não demonstrava muito perigo e o Real seguia dominando as ações. Modric e Bale tiveram boas chances, mas não aproveitaram. Nos acréscimos do primeiro tempo, Mendez marcou, mas o VAR anulou o tento, alegando toque de mão.

Celta de Vigo x Real Madrid

Celta teve gol anulado pelo VAR (Foto: Reprodução)

ERROS, PRESSÃO e VAR

No segundo tempo, o Celta voltou melhor e o Real Madrid continuou exibindo erros em seu sistema defensivo que marcaram a última temporada. Courtois fez grandes defesas para evitar o gol de empate. Em momento quento do jogo, Luka Modric foi expulso, após revisão do VAR, o que aumentou a pressão no Real.

ALÍVIO

O Celta seguia melhor e com um a mais. Os Merengues, porém, fizeram valer o peso da camisa e o talento individual. Toni Kroos acertou um belíssimo chute de fora da área e ampliou para tranquilizar. Com o controle da partida, o Real ainda marcou mais um, com Lucas Vázquez, após linda jogada trabalhada. Nos acréscimos, o Celta diminuiu com Losada, mas não evitou a derrota.