Tamanho do texto

"Neymar e seu estafe estão em permanente conflito. Se negam a aceitar as críticas", disse Eduardo Musa, que trabalhou com o atacante por 5 anos

Lance

Neymar e seu pai
Reprodução / AS.com
Neymar e seu pai

Assessor de Neymar durante cinco anos (2010 a 2015), Eduardo Musa fez duras críticas ao atual estafe do atacante, principalmente ao pai do jogador, a quem culpa pela imagem ruim do brasileiro perante à mídia.

Leia também: "Neymar, o grande blefe"! Jornal francês dispara críticas contra o atacante

O ex-assessor também ressaltou que não sabe mais se Neymar é "bem-vindo" no PSG e deu detalhes sobre como funciona o entorno do atleta. Segundo Musa, o estafe de Neymar está sempre entrando em conflito.

Confira os principais trechos da entrevista:

CULPA DO PAI

Pai Neymar é quem trata as coisas do jogador no futebol
Reprodução/Ueslei Marcelino/Reuters
Pai Neymar é quem trata as coisas do jogador no futebol

"Neymar (pai) não pode se comparar como se fosse um grande profissional que guia cada aspecto da carreira de seu filho, pois não está preparado para isso. Neymar é um cara elegante, adorável e generoso, mas a imagem que deixa para a imprensa é exatamente a contrária. E seu pai é o responsável"

Leia também: Em negociação envolvendo Neymar, Coutinho já teria acertado com PSG

CONFLITOS

"Acredito que ele deixou de fazer as coisas com o coração, esse é o problema. Neymar e seu estafe estão em permanente conflito. Se negam a aceitar as críticas. Estão colhendo o que plantaram durante muito tempo. Neymar é fiel aos que estão com ele desde o início, especialmente seu pai, mas isso o faz mal"

MUDANÇA DE FOCO

Neymar e seu pai
Divulgação
Neymar e seu pai

"Que esqueça sua imagem, que deixe de lado suas obrigações comerciais e que renuncie a ideia de ser o número um. Necessita voltar ao lugar de onde veio (...) Neymar e sua equipe só falam de negócios: restaurantes, festas... Já não falam de esporte. Ele precisa recuperar o seu amor pelo futebol e isso depende unicamente dele"

Leia também: Zé Roberto diz: 'Se Neymar continuar assim, não vai jogar depois dos 30'

RETORNO AO BARÇA

"Acredito que sim (que volte ao Barcelona), mas não sei se o PSG vai deixar. Parece que o melhor seria Neymar voltar para o Barcelona, porque no PSG, talvez, já não seja mais bem-vindo"

    Leia tudo sobre: futebol