Tamanho do texto

Najila concedeu entrevista ao SBT e comentou sua versão dos fatos

najila
Instagram
Najila Trindade é a moça que acusa Neymar de estupro

A jovem que acusa o jogador Neymar Jr. de estupro deu entrevista ao SBT na noite desta quarta-feira (05) e deu suas versões dos fatos. O repórter Roberto Cabrini, do Conexão Repórter, 

Leia mais sobre o Caso Neymar

"Ele me despiu e ele começou a me bater. No começo tudo bem, mas ele começou a me machucar. Eu falei pra ele parar e ele falou desculpa!”.

"Eu disse 'Você trouxe preservativo?' Ele [ Neymar ] disse que não. Então eu falei que não iria acontecer nada ali naquele momento. Aí ele me virou cometeu o ato, eu pedi para ele parar e ele continuou batendo na minha bunda, violentamente", disse ela. "Eu falei para, para. E ele não se comunicava muito. Ele só agia".

Depois de segundos do ato, a modelo afirma ter saído da cama. “Eu fui pro banheiro e foi uma decepção. Não consegui chorar ou falar nada. Fiquei em estado de choque”, completou.

Perguntada sobre o porquê ela continuou conversando com Neymar, Najila respondeu. “Porque eu tive que assimilar todo o acontecimento e quando ele saiu do quarto eu comecei a entender tudo que aconteceu comigo e como ele foi estúpido. Eu queria fazer justiça. No primeiro momento eu não reagi e depois eu sabia que se eu não falasse com ele normal eu não teria como provar o que aconteceu".

Ao fim da entrevista, Najila finalizou dizendo que o caso não precisava de toda essa repercussão. "Desculpa, eu não preciso disso", terminou.

Najila Mendes de Souza  fez um boletim de ocorrência na sexta-feira passada na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, no bairro de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, alegando ter sido estuprada por Neymar no último dia 15 de maio, quando estava em Paris.

Desde então o caso tomou os noticiários e o jogador da seleção brasileira veio a público para comentar o caso e divulgou mensagens trocadas pelos dois dias antes do encontro . O ato fez com que a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática do Rio de Janeiro intimasse o atleta pela divulgação de imagens íntimas da mulher.

O depoimento de Neymar está marcado para a próxima sexta-feira (07) e Najila também deve prestar um novo depoimento na delegacia de São Paulo até o fim da semana.