Tamanho do texto

São Caetano 'autoproclama' permanência na Séria A1 para 2020; entenda

time do são caetano
Reprodução
São Caetano reivindica permanência na Série A1 do Campeonato Paulista em 2020

O Campeonato Paulista de 2019 corre o risco de não acabar após a partida entre Corinthians x São Paulo, no próximo dia 21 de abril.

Leia também:  Coluna - 'Ótimo para o Corinthians, mas péssimo para o futebol brasileiro'

Nesta terça-feira (09), o São Caetano anunciou que entrará na Justiça contra seu rebaixamento no Campeonato Paulista deste ano por considerar que há “falhas no que diz respeito ao acesso e descenso de clubes” no regulamento da competição.

“O São Caetano entende que, não possui o direito de permanecer na divisão de elite, apenas se a fusão entre Red Bull Brasil e Bragantino não for concretizada antes da realização do Conselho Técnico da Primeira Divisão”, diz a nota emitida pelo clube.

Entendendo o caso: no fim de março, o Red Bull anunciou a compra do Clube Atlético Bragantino para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Em consequência dessa parceria sobraria uma vaga na Série A1, a qual o São Caetano reivindica.

Leia também: Pelé chega ao Brasil após passar por cirurgia em Paris e é internado novamente

Porém, para a Federação Paulista de Futebol – FPF, a vaga na Série A1 é do melhor terceiro colocado da Série A2. Essa afirmação é contestada pela equipe de São Caetano.

"Agradecemos a atenção da Federação Paulista de Futebol pela oportunidade de expor obviedades que o regulamento da Série A2 contempla em diálogo perfeito com a preservação de direitos de uma associação filiada. E deixamos em aberto para o futuro próximo, quando se dará o Conselho Técnico, as razões igualmente legais e preservadoras dos direitos, de seguirmos na Série A1 do Campeonato Paulista de 2020".

Clicando aqui você tem acesso na íntegra ao documento que o São Caetano encaminhou para a FPF nesta terça-feira.

Leia também: Técnico da seleção argentina é atropelado na Espanha e posta foto do estrago

A Federação não se posicionou ainda sobre a reinvicação do São Caetano sobre a permanência na Séria A1 do Campeonato Paulista 2019.