Tamanho do texto

Por reconhecimento nacional, Andrés Sanchez considera que sua disputa é contra o Flamengo. As equipes tem as maiores torcidas do país

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, vê o Flamengo como um 'rival institucional'
Reprodução
Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, vê o Flamengo como um 'rival institucional'

A rivalidade entre Corinthians e Palmeiras é, desde 1917, uma das maiores do Brasil, mas para o presidente alvinegro, Andrés Sanchez, outra rivalidade importante pode estar surgindo.

Leia também: Narrador Silvio Luiz solta o verbo e chama jogadores atuais de 'babacas'; assista

“O Palmeiras é nosso grande rival, mas o Flamengo, institucionalmente, é o nosso adversário”, disse o presidente do Corinthians em entrevista ao programa ‘Grande Círculo’, do SporTV.

Para Sanchez, a rivalidade entre as equipes está no âmbito de domínio nacional. “O Flamengo tem que crescer a torcida todo ano, e eu tenho que crescer a minha. Os outros, também, mas para chegar no Flamengo e no Corinthians vão demorar muito. Então, minha disputa é com o Flamengo, institucionalmente falando. No campo, é óbvio que o Palmeiras, para mim, ainda é o maior rival”.

No último levantamento de torcidas divulgado pelo Datafolha, realizado no fim de janeiro de 2018, as equipes aparecem na ponta, mas com predomínio do time carioca. O Flamengo contabiliza cerca de 32,5 milhões de torcedores no país, já os paulistas tem 27,3 milhões.

Leia também:  Atacante Jonas se emociona ao ser escolhido melhor jogador do ano no Benfica

Há alguns anos, o Corinthians também rivalizava com o Flamengo em receitas e poder financeiro, mas nos últimos anos a equipe do Parque São Jorge tem passado por problemas de caixa e o maior rival do Flamengo nesse quesito é justamente o Palmeiras.

Em 2017 o Flamengo fechou o ano com um faturamento de R$ 648,7 milhões, seguido do Palmeiras com R$ 531,1 milhões. Mas no início deste mês a equipe alviverde publicou seu balanço financeiro de 2018 e estabeleceu um novo recorde de arrecadação no futebol brasileiro: R$ 688,6 milhões no ano.

Apesar da maioria das equipes não ter divulgado ainda seus valores, é quase impossível que outro time ultrapasse a receita do Palmeiras, já que o clube foi Campeão Brasileiro de 2018 e possui um patrocínio grande da Crefisa.

Leia também: Milan está de olho em Pedrinho e outros jogadores brasileiros, diz jornal

E você, torcedor do Corinthians, concorda com a opinião do presidente ? O que define uma rivalidade? O fator campo ou a quantidade de torcedores? Deixe seu comentário abaixo.

    Leia tudo sobre: Futebol