Tamanho do texto

Flamengo lidera como o mais seguido e tem sucesso com público feminino. Já o São Paulo foi o clube mais citado em notícias durante o ano de 2018

São Paulo e Flamengo foram destaques entre os clubes brasileiros na internet em 2018
Rubens Chiri / saopaulofc.net
São Paulo e Flamengo foram destaques entre os clubes brasileiros na internet em 2018

Em 2018, São Paulo e Flamengo não conquistaram o título do Campeonato Brasileiro, mas foram destaques durante o ano no meio digital. A empresa Bites divulgou um levantamento sobre a ativação dos clubes brasileiros nas redes sociais e trouxe dados muito interessantes.

Leia também:  Aniversariante do dia, Dudu comemora 1 milhão no Instagram: "melhor fase"

O Flamengo ficou em segundo lugar na tabela do Brasileirão, mas liderou o ranking de clubes no número de seguidores. Contando todas as redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e Youtube), o time carioca registrou 20.9 milhões de seguidores. Esse número foi superior ao registrado pela CBF (20.7 milhões) e pelo Corinthians (20.4 milhões).

A equipe rubro-negra também liderou como clube mais citado no Twitter (8.5 milhões de vezes) e no Instagram (124 mil) no período de um ano. Além disso, a webTV do Flamengo é a maior entre os times brasileiros, com 1,2 milhões de inscritos no Youtube.

As mulheres que torcem pelo Flamengo foram as que mais interagiram com o site da equipe. Foram registrados 36.4% de acessos vindos de mulheres. O segundo lugar ficou com o Internacional (36.1%).

Campeão simbólico do primeiro turno, o São Paulo foi o clube mais buscado nos últimos seis meses do ano. Foram 4.7 milhões de buscas no total, sendo também o time que mais recebeu tráfego em seu site oficial oriundo das redes sociais, com 19.8%.

O tricolor paulista terminou o Brasileirão 2018 em quinto lugar e, pela expectativa que gerou por disputar até a 26ª rodada o título, foi o clube que mais teve matérias suas divulgadas pela imprensa. De acordo com os números da Bites, o São Paulo foi citado em 315 mil notícias.

Deca campeão do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras não foi muito requisitado no meio digital. O único ponto em que liderou foi na média de buscas online por mês, foram 2.6 milhões a cada 30 dias.

Entre os jogadores, Lucas Paquetá, ex-Flamengo e atualmente no Milan – ITA foi o líder em seguidores. Considerando todas as redes sociais, o meia registrou 2.7 milhões de fãs, ganhando 300 mil nos últimos dois meses do ano, impulsionado por sua venda ao time italiano. Artilheiro do campeonato com 18 gols, o santista Gabriel Barbosa, o Gabigol, ficou em segundo lugar como jogador mais seguido nas redes sociais (2.6 milhões).

Veja abaixo as estatísticas curiosas sobre as ativações dos clubes no meio digital:

  • Time que recebeu menos acessos em seu site oficial – Chapecoense
  • Time com mais acessos em seu site via dispositivos móveis – Vitória
  • Time com mais acessos diretos em seu site – Grêmio
  • Time que recebe mais acessos de fora do Brasil – Chapecoense
  • Time com mais acessado por millennials – Flamengo
  • Time que o torcedor interage por mais tempo no site – Internacional (cerca de 3 minutos)
  • Time que tem mais acessos da terceira idade – Vitória

Leia também:  Franck Ribéry leva multa do Bayern de Munique por ofender jornalista

De acordo com o balanço da Bites, os clubes podem reorganizar a atuação nos meios digitais, considerando que os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro tem um alcance de 126.1 milhão de seguidores concentrados no Facebook e no Twitter. Em contrapartida, o palanque de divulgação dos jogadores é o Instagram.

    Leia tudo sobre: Futebol