Tamanho do texto

Patriarca da família do jogador do Fortaleza, mas que pertence ao Corinthians, foi encontrado com drogas que seriam comercializadas

Gustagol e seu pai, Aloisio
Reprodução
Gustagol e seu pai, Aloisio

Nesta última quinta-feira (19), a Polícia Civil flagrou um homem de 43 anos de idade com 15 kg de maconha. Identificado como Aloisio Antonio, o pai do jogador de futebol Gustagol, ele foi preso sob acusação de tráfico de drogas. De acordo com informações da TV Tribuna , a apreensão aconteceu na cidade de Registro, em São Paulo.

Leia também: Neymar levanta suspeitas de deixar o PSG e deixa clube francês preocupado

Segundo as autoridades, o pai de Gustagol era alvo de uma denúncia e foi preso depois de ter sido encontrado em uma residência no bairro Jardim São Paulo. A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) afirma que foram encontrados 12 tijolos de maconha e ainda oito porções de crack.

Leia também: Treinador do Liverpool: "Vamos treinar nus. Eles só estão olhando para o Salah"

Uma parte das drogas estava dentro da residência e a outra metade, dentro de um carro estacionado na frente da casa. Aloisio Antonio confessou de que as drogas seriam para comercialização e então, foi encaminhado à cadeia Pública de Registro. O caso ainda será mantido em investigação para identificar outros envolvidos no comércio ilegal de entorpecentes.

Leia também: Após 22 anos, chega ao fim a era Arsene Wenger no Arsenal

Carreira de Gustagol

Gustavo Henrique da Silva Sousa, o Gustagol , foi revelado pelas categorias de base do Criciúma em 2014, quando duas temporadas depois, foi comprado pelo Corinthians . Em 2017, foi emprestado ao Bahia e Goiás. No ano de 2018, chegou ao Fortaleza , também como empréstimo. Aos 24 anos de idade, atualmente é o maior artilheiro do país, com 17 gols até o dia 20 de abril.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol