Tamanho do texto

Palmeiras finalmente tomou decisão após dias de negociação entre Puma e Topper. Adidas era a fornecedora esportiva do clube desde 2004

Depois de passar os últimos dias analisando propostas e debatendo o futuro dos uniforme do clube, a diretoria do Palmeiras escolheu a Puma como fornecedora de material esportivo para o clube a partir de 2019. O site Nosso Palestra  confirmou que a empresa alemã venceu a concorrência com Topper e irá ser parceira do alviverde.

Leia também: Bastante fora de forma, Walter estreia no Paysandu e vira piada na internet

Palmeiras divulga uniforme ainda com Adidas como fornecedora
Divulgação
Palmeiras divulga uniforme ainda com Adidas como fornecedora

O contrato entre as duas partes ainda não foi assinado. No entanto, apenas uma proposta astronômica da Topper, praticamente no apito do juíz, faria o Palmeiras mudar a sua decisão de assinar com a Puma.

A negociação começou no mês passado. As duas empresas entraram em uma batalha com a própria Adidas para ser a fornecedora palmeirense. No entanto, atual parceira fez uma oferta abaixo das demais e não ficou até o final na briga. A diretoria ficou chateada por ela não ter feito uma proposta de valor parecida com o que a marca paga ao Flamengo.

Assim, a Adidas comunicou ao clube que encerraria a parceria e que faria uma reestrutura em seu modo de atuação no mercado brasileiro. A empresa não deve fornecer material para nenhum novo clube, apenas honrando o contrato que tem com o rubro-negro carioca, que vai até o final de 2022.

Leia também: Palmeiras anuncia numeração para a temporada; veja

Durante as negociações, a proposta da Topper agradou muito a diretoria por ter sido uma oferta melhor financeiramente. Entretanto, a Puma foi a escolhida por ser uma marca global e dar maior visibilidade internacional ao clube. A fornecedora fechou contrato com o Milan há poucos dias após um longo período com a Adidas, assim como o Palmeiras. 

Além do Milan, a Puma também fornece material esportivo para grandes clubes pelo mundo, como o Arsenal, o Borussia Dortmund e o Newcastle. No país, o último clube parceiro foi o Vitória, até o meio do ano passado.

Curiosamente, a nova fornecedora surgiu após a separação da Gebrüder Dassler Schuhfabrik, uma fábrica de calçados da Alemanha. A empresa pertencia a dois irmãos: Rudolf e Adolf Dassler. Em 1948, Adolf criou a Adidas e Rudolf fundou a Puma.

Leia também: Torcedores do Palmeiras pedem indenização por chuva no Allianz Parque

Começo da parceria

O início da relação entre Adidas e Palmeiras foi em 2006, quando a empresa alemão substituiu a italiana Diadora. Entretanto, nos últimos anos viu sua relação ficar conturbada com a diretoria e com a torcida.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.