Tamanho do texto

Três torcedores do Palmeiras entraram com uma ação contra o clube, a CBF e a WTorre. A partida foi entre o alviverde e o Santos, em setembro de 2017

Três torcedores do Palmeiras entraram com um processo contra o próprio clube por danos morais e materiais durante o confronto contra o Santos, em setembro do ano passado. Eles declaram terem se molhado devido a um problema no sistema de escoamento do estádio, que alagou a área que eles estavam. A CBF e a WTorre , empresa que administra o Allianz Parque, também foram indiciadas.

Leia tambem: Mina deve estrear pelo Barcelona diante do Valencia nesta quinta-feira

Palmeiras e Santos duelaram debaixo de muita chuva
Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação
Palmeiras e Santos duelaram debaixo de muita chuva

A partida ocorreu no segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2017. O confronto foi marcado por uma forte chuva que caiu durante os 90 minutos da partida, deixando até alguns pontos do gramado com poças e dificultanto o jogo. Na ocasião, o Santos derrotou o Palmeiras por 1 a 0, com gol de Ricardo Oliveira.

Os três torcedores pedem a devolução do dinheiro dos ingressos, no valor de duas inteiras e uma meia entrada, totalizando R$ 400, e uma intenização de R$ 60 mil por danos morais e materiais. Este valor deve ser pago com juros e correção monetária na época em que for concluído o processo.

Leia tambem: Cruzeiro é o clube que mais cresce nas redes sociais; Flamengo ainda lidera

"Ocorre que no dia do jogo para a infelicidade, tristeza e pleno desgosto dos postulantes, havia um escoamento de água que desaguava em seus respectivos assentos localizados no setor 124B, fileira EE, impossibilitando que os autores que assistissem ao jogo, acomodados no conforto de suas cadeiras sem se molharem por completo. O infortúnio, inadmissível para uma arena deste porte, não só incomodou e constrangeu os requerentes, mas impediu que os mesmos assistissem ao jogo com o conforto e a atenção que mereciam", diz o texto do documento.

O caso está correndo na Vara Cível do Fórum Central da Comarca de São Paulo.

Leia tambem: CBF divulga tabela do Campeonato Brasileiro; veja os confrontos

O Palmeiras, a CBF e a WTorre  não comentaram sobre o caso, apenas afirmaram que não fazem declarações sobre questões judiciais.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.