Tamanho do texto

Depois de rádio espanhola afirmar que Gabigol seria emprestado ao Las Palmas, pai de jogador desmente e diz que filho quer permanecer no Inter

Gabigol chegou ao Inter de Milão em agosto de 2016
Reprodução
Gabigol chegou ao Inter de Milão em agosto de 2016

Depois de uma temporada decepcionante no Inter de Milão, a rádio espanhola "Cadena Ser" divulgou nesta quarta-feira (7), que Gabigol seria emprestado para o clube espanhol Las Palmas. De acordo com a emissora, os clubes chegaram a um acordo para o brasileiro atuar no futebol da Espanha durante um ano.

LEIA TAMBÉM: Jogador que atua na Inglaterra cai em pegadinha de TV e fica furioso; assista

Adquirido pelo Inter em agosto de 2016, logo após os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Gabigol vem sendo considerado uma "operação fracassada". No total, o jogador brasileiro teve participação em dez jogos, um gol e 183 minutos em campo. Sua chegada ao time italiano envolveu uma negociação de mais de R$ 100 milhões.

Segundo a rádio, caso a transferência se concretize, Gabriel Barbosa terá Jesé, ex-Real Madrid e cedido pelo Paris Saint-Germain, como companheiro na próxima temporada, já que o atacante espanhol deve renovar seu empréstimo por mais um ano.

LEIA TAMBÉM: Arda Turan agride jornalista durante voo e é expulso da seleção turca

Negação

Ainda nesta quarta-feira, o pai de Gabigol, Valdemir Silva Almeida, afirmou que o filho não será emprestado e irá permanecer atuando pela Inter de Milão. "No momento, Gabriel está curtindo férias no Brasil com amigos e família. Depois, vai retornar a Milão para a próxima temporada", disse Almeida em entrevista ao site "Premium Sport".

"Ele sabe do seu potencial e está sempre encarando seus desafios. Agora não será diferente. Meu filho quer permanecer na Inter e fazer os torcedores felizes", concluiu o pai do ex-atacante do Santos.

LEIA TAMBÉM: Jogador é encontrado desacordado em casa após tentativa de suicídio

Paciência

Recentemente em entrevista ao jornal italiano "Gazzetta dello Sport", o ex-jogador da Inter de Milão, Felipe Melo, pediu para que o clube tenha paciência com Gabigol e não repita o que fez com Philippe Coutinho, que foi vendido precocemente pelo time italiano.

"Gabigol chegou em um momento historicamente difícil com muitas mudanças ainda em curso, mas o clube tem de acreditar nele, caso contrário corre o risco de repetir o mesmo erro cometido com Coutinho", explicou o atual jogador do Palmeiras.

    Leia tudo sobre: futebol