Gabigol chegou ao Inter de Milão em agosto de 2016
Reprodução
Gabigol chegou ao Inter de Milão em agosto de 2016

Depois de uma temporada decepcionante no Inter de Milão, a rádio espanhola "Cadena Ser" divulgou nesta quarta-feira (7), que Gabigol seria emprestado para o clube espanhol Las Palmas. De acordo com a emissora, os clubes chegaram a um acordo para o brasileiro atuar no futebol da Espanha durante um ano.

LEIA TAMBÉM: Jogador que atua na Inglaterra cai em pegadinha de TV e fica furioso; assista

Adquirido pelo Inter em agosto de 2016, logo após os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Gabigol vem sendo considerado uma "operação fracassada". No total, o jogador brasileiro teve participação em dez jogos, um gol e 183 minutos em campo. Sua chegada ao time italiano envolveu uma negociação de mais de R$ 100 milhões.

Segundo a rádio, caso a transferência se concretize, Gabriel Barbosa terá Jesé, ex-Real Madrid e cedido pelo Paris Saint-Germain, como companheiro na próxima temporada, já que o atacante espanhol deve renovar seu empréstimo por mais um ano.

LEIA TAMBÉM: Arda Turan agride jornalista durante voo e é expulso da seleção turca

Você viu?

Negação

Ainda nesta quarta-feira, o pai de Gabigol, Valdemir Silva Almeida, afirmou que o filho não será emprestado e irá permanecer atuando pela Inter de Milão. "No momento, Gabriel está curtindo férias no Brasil com amigos e família. Depois, vai retornar a Milão para a próxima temporada", disse Almeida em entrevista ao site "Premium Sport".

"Ele sabe do seu potencial e está sempre encarando seus desafios. Agora não será diferente. Meu filho quer permanecer na Inter e fazer os torcedores felizes", concluiu o pai do ex-atacante do Santos.

LEIA TAMBÉM: Jogador é encontrado desacordado em casa após tentativa de suicídio

Paciência

Recentemente em entrevista ao jornal italiano "Gazzetta dello Sport", o ex-jogador da Inter de Milão, Felipe Melo, pediu para que o clube tenha paciência com Gabigol e não repita o que fez com Philippe Coutinho, que foi vendido precocemente pelo time italiano.

"Gabigol chegou em um momento historicamente difícil com muitas mudanças ainda em curso, mas o clube tem de acreditar nele, caso contrário corre o risco de repetir o mesmo erro cometido com Coutinho", explicou o atual jogador do Palmeiras.

    Leia tudo sobre: futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários