Tamanho do texto

Uruguaio teve conta aberta em paraíso fiscal de 2006 a 2014, quando chegou ao Barcelona e abriu sua própria empresa na Espanha

Luis Suarez chegou ao Barcelona em 2014
Reprodução
Luis Suarez chegou ao Barcelona em 2014

De acordo com o jornal espanhol "El Mundo", desde que chegou para jogar na Europa em 2006, Luis Suárez acumulou sua renda em uma conta aberta no Panamá. Considerado um paraíso fiscal, o país permite que empresas offshore não paguem impostos sobre as transações internacionais.

LEIA TAMBÉM: "Girl power"! Time de futebol feminino é campeão de campeonato masculino

A publicação afirma que os lucros foram investidos na empresa Meltockets Investimentos SA, registrada no país da América Central e teriam acontecido até 2014, ano da chegada do uruguaio ao Barcelona. Após assinar com o time catalão, em 11 de julho daquele ano, Suarez teria criado uma empresa com sede na Espanha.

"Até onde eu sei, Luis concedeu seus direitos de imagem em 2006, ou seja, quando ele tinha 19 anos, à Meltockets, uma empresa que possuía e foi declarada às autoridades fiscais, uma vez que ele era meu cliente. Para a exploração destes direitos, a empresa pagou uma taxa anual a Luis", disse o agente do jogador, Pere Gaurdiola, irmão do treinador Pep do Manchester City.

LEIA TAMBÉM: Clube japonês é multado por conta de bandeira nazista no meio da sua torcida

Chegada ao Barcelona

"Quando Luis foi para a Espanha , nós criamos uma empresa para explorar seus direitos de imagem de acordo com a legislação fiscal do país", completou o agente. O veículo ainda reforça que os documentos que provam as movimentações financeiras do argentino se encontram nas mãos do jornal holandês "NRC". 

A empresa Meltockets Investimentos SA é atual responsável pelos direitos de imagem do também jogador Ángel Di María. Segundo o periódico espanhol, a organização do Panamá atua de "modo operando", sendo o mesmo sistema utilizado por Cristiano Ronaldo e outros atletas do agente Jorge Mendes. O argentino tem vínculo com a Meltockets desde o ano de 2009.

LEIA TAMBÉM: Fifa muda as regras e prêmio de melhor jogador do mundo será em outubro

Depois de apenas um ano como profissional no clube uruguaio Nacional, em 2006 Suarez foi para o Groningen, da Holanda. No ano seguinte, foi vendido ao Ajax, time que defendeu até 2011, quando foi para o Liverpool da Inglaterra. Em 2014, chegou ao Barcelona .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.