Tamanho do texto

Meninas do AEM de Lleida surpreenderam na Espanha e levantaram a taça de torneio para homens. E com quatro rodadas de antecedência

Time do AEM de Lleida, formado só por meninas, foi campeão em campeonato masculino
Reprodução / AS
Time do AEM de Lleida, formado só por meninas, foi campeão em campeonato masculino

Você poderia imaginar um time de futebol formado somente por mulheres sendo campeão de um campeonato masculino? Pois aconteceu na Espanha. Na Liga de Segunda, um torneio infantil catalão com atletas entre 12 e 14 anos de idade, as meninas do AEM de Lleida sagraram-se campeãs com quatro rodadas de antecedência, deixando os marmanjos de queixo caído.

Leia também: Clube japonês é multado por conta de bandeira nazista no meio da sua torcida

Segundo Dani Rodrigo, treinador do time feminino, quando o clube decidiu formar um elenco para que as jogadoras pudessem continuar competindo, mesmo que fosse contra meninos, muitos olharam com desconfiança. "Diziam que estávamos loucos. E os pais se queixavam porque sempre perdiam", conta.

Andréa Gomez é a artilheira do AEM de Lleida
Site oficial
Andréa Gomez é a artilheira do AEM de Lleida

As derrotas aconteciam há três anos. Na temporada seguinte, porém, a equipe terminou em terceiro lugar na liga masculina. E agora, surpreendentemente, o AEM fez história no duelo contra os meninos do Pardinyes B, vencendo por 2 a 1 e conquistando a taça.

Leia também: Como os italianos contribuíram para o futebol de várzea de São Paulo

O comandante da equipe acredita que as suas jovens atletas não estão cientes do enorme feito que alcançaram. "Elas jogam porque gostam, e ganham. A força física pode constituir uma limitação mas, na hora de competir, mostram outras virtudes como a técnica apurada. Elas não têm noção de que estão quebrando tabus. Provaram que podem ganhar de rapazes. Disse a elas no campo, quando celebrávamos, que as próximas gerações de meninas se vão focar nelas como exemplo de que são capazes", comentou Dani.

O AEM de Lleida e a campanha

Atualmente o clube espanhol conta com 110 atletas federadas e seis equipes femininas, uma delas a que venceu o campeonato, sendo o único totalmente constituído por meninas na Catalunha. 

Leia também: Ingressos para final da Liga dos Campeões chegam a custar R$ 27 mil

Depois de temporadas iniciais derrapantes e com resultadoa abaixo do esperado, a atual terminou com números exemplares: em 22 jogos disputados, o time gamhou 19 jogos , empatou dois e perdeu só um. No total, foram 93 gols marcados (média de 4,22 por partida, melhor ataque do torneio) e apenas 25 sofridos (melhor defesa). Andrea Gómez, que fez 37 gols, terminou como artilheira. 

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.