Tamanho do texto

Cristiano Ronaldo não deixou barato e deu resposta ao meia Koke

Koke e Cristiano Ronaldo  se estranharam durante clássico espanhol
Reprodução/Twitter
Koke e Cristiano Ronaldo se estranharam durante clássico espanhol

A rádio espanhola Cadena Cope revelou recentemente qual foi a discussão entre Cristiano Ronaldo e Koke, meia do Atlético de Madrid. Os dois jogadores tiveram um bate-boca durante o clássico na capital espanhola. A partida aconteceu no último sábado (19) no Estádio Vicente Calderón, em Madri.

Leia mais: As cinco exigências de Guardiola como treinador do Manchester City

Segundo a emissora local, Koke teria chamado Cristiano Ronaldo de "marica". Em resposta, o atacante português teria dito que poderia ser um marica sim, mas que estava "lleno de pasta". A expressão em tradução livre para o português quer dizer "cheio de dinheiro".

Na ocasião, o camisa 7 do Real foi o nome do jogo, sendo responsável pelos três gols da vitória em cima do rival, que saiu de campo zerado. No entanto, a 'conversa' entre o atacante e o meia do Atlético gerou polêmica na Espanha e no mundo.

Leia mais: Mundial de Clubes da Fifa pode ter 32 times e fórmula mais "entusiasmante"

PUNIÇÃO

A Associação Arcópoli, que defende os direitos da comunidade LGBT em Madri, publicou em sua conta oficial do Twitter um comunicado defendendo o atacante do Real e pedindo uma punição para o jogador Koke.

"Nós escrevemos para a Liga de Futebol solicitando uma investigação por insultos homofóbicos ao jogador Cristiano Ronaldo no dérbi de futebol. Estamos cansados do sentimento de impunidade homofóbica no futebol espanhol. Queremos que instituições e clubes participem. Queremos enviar uma mensagem de apoio e carinho para Cristiano Ronaldo e Real Madrid pelo bullying homofóbico que o jogador vem sofrendo durante anos. Na Premier League, se ocorre um insulto homofóbico de um jogador para outro, automaticamente concedida uma multa."

Leia mais: Jogador que atuou na Copa de 2006 morre durante corrida de 10 km

Em outro tweet, a associação ainda relembra um caso que aconteceu no Campeonato Inglês: "Em 2011 o jogador Luis Suárez foi condenado em 8 partidas sem jogar e uma multa de 40 mil euros por chamar Patrice Evra de 'preto' na Premier League".




Até o momento, a Liga de Futebol não se pronunciou sobre quais medidas serão tomadas em relação ao caso de Cristiano Ronaldo e Koke.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.