Tamanho do texto

O ex-jogador Michael Jordan foi dos homenageados na Casa Branca ao receber a Medalha da Liberdade

Michael Jordan, sendo homenageado pelo presidente Obama
Twitter/ NBA
Michael Jordan, sendo homenageado pelo presidente Obama

Na tarde desta terça-feira (22), Barack Obama entregou 21 Medalhas Presidenciais da Liberdade na Casa Branca, na capital norte-ameriana. A consagração é a honraria máxima que pode ser concedida a um civil nos Estados Unidos. Michael Jordan, astro do basquete foi um dos homenageados.

Leia mais: Cavaliers é recebido por Barack Obama na Casa Branca

O ex-jogador profissional é considerado um dos melhores jogadores de basquete de todos os tempos, tendo sido eleito o melhor da temporada regular por cinco vezes. Iniciou sua carreira no Chicago Bulls e em 2001, foi transferido para o Washington Wizards, equipe na qual se aposentou em 2003. Atualmente, Michael Jordan é dono do Charlotte Hornets.

Em seu último discurso de entregas das Medalhas da Liberdade, Obama demonstrou gratidão aos presentes e disse que cada um dos 21 os comoveram de alguma maneira: "A Medalha Presidencial da Liberdade não é apenas a maior honraria civil da nação, mas um tributo à ideia de que todos nós, não importa de onde viemos, têm a oportunidade de mudar este país para melhor. Cientistas, filantropos, servidores públicos e ativistas, atletas e artistas, estes 21 indivíduos têm ajudado a empurrar a América para frente, inspirando milhoes de pessoas em todo o mundo".

Michael Jordan, o atleta dos ares. Confira dez enterradas do astro

"Michael Jordan é mais do que um logotipo, mais do que apenas um meme da internet... Há uma razão para você chamar alguém de Michael Jordan. Eles sabem do que você está falando, porque Michael Jordan é o Michael Jordan da grandeza. Ele é a definição de alguém tão bom no que faz, que todo mundo reconhece. E isto é muito raro", discursou o presidente Obama.

O presidente ainda brincou com o ex-jogador e chamou Jordan de "o cara do Space Jam", mencionando a participação especial do atleta no filme de animação do personagem Pernalonga. No filme lançado em 1996, Jordan interpreta um personagem fictício de si mesmo, que pretende se aposentar da NBA para seguir carreira no beisebol.

O meme de referência ficou conhecido na internet como "Crying Jordan", ou "Jordan chorando" com tradução livre para português. A foto retratava Michael Jordan chorando durante seu discurso de posse no Hall da Fama do Basquete, em 2009.

Leia mais: Os nove jogadores brasileiros da NBA

Kareem Abdul-Jabbar

Além de Jordan, outro ex-jogador ilustre foi homenageado por Obama. Nascido no ano de 1947 em Nova York como Ferdinand Lewis Alcindor Jr., nos primeiros anos da carreira atuava com o nome Lew Alcindor. Em 1971, mudou seu nome para Kareem Abdul-Jabbar após se converter ao islamismo.

Considerado por seis vezes o jogador mais valioso da NBA, os óculos de acrílico eram a marca registrada do atleta de 2,18 metros de altura. É o maior pontuador da NBA, com 38.387 cestas, atuando na principal liga de basquete americana por quase 20 anos. Estreeou no Milwaukee Bucks em 1969 e em 1975 foi para o Los Angeles Lakers, time que ficou até anunciar sua aposentadoria, em 1989.

Além de Michael Jordan e Abdul-Jabbar, o filantropo Bill Gates, a apresentadora Ellen Degeneres e os atores Robert De Niro e Tom Hanks foram alguns dos outros homenageados.

    Leia tudo sobre: NBA

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.