Tamanho do texto

Sebastian Vettel e Lewis Hamilton se posicionaram contra a possibilidade de mudança para deixar as corridas da categoria mais emocionantes

Hamilton e Vettel arrow-options
Divulgação
Hamilton e Vettel se posicionaram contra a mudança no grid da Fórmula 1

A Liberty Media, gestora da Fórmula 1, trabalha com muitas ideias para tornar as corridas mais emocionantes. Uma delas, porém, não agradou nada a elite da categoria.

Leia também: Schumacher usou nome falso e se escondeu em cobertor para entrar em hospital

A empresa estaria pensando em inverter o grid de largada , fazendo com que os melhores carros largassem de trás e tivessem mais dificuldade para ganhar. Pelo menos entre os principais pilotos da categoria, que disputam no domingo o GP de Cingapura de Fórmula 1 .

Leia também: Vettel vence e Ferrari faz dobradinha na Fórmula 1 após dois anos

O alemão Sebastian Vettel , chateado por ter perdido a pole e largar em terceiro na prova deste fim de semana, foi um dos mais enfáticos.

"Isso é uma verdadeira merda. Não sei quem foi o gênio que inventou", desabafou o piloto da Ferrari, quinto colocado no Mundial de F-1, com 169 pontos.

Lewis Hamilton , por sua vez, teve que concordar com a opinião do piloto rival, embora tenha mostrado menos irritação.

"Ele falou melhor do que eu poderia dizer. Não sei o que estão pensando as pessoas que fizeram essa proposta", afirmou o piloto britânico da Mercedes.

Leia também: Doria garante que GP do Brasil de Fórmula 1 não vai sair de Interlagos

Charles Leclerc, nascido no Principado de Mônaco, foi bem mais comedido em seu comentário sobre a possível mudança na Fórmula 1 : "A primeira posição tem que ser do piloto mais veloz". disse o piloto da Ferrari, que larga na pole em Cingapura.