Tamanho do texto

A escuderia italiana não assegurava as duas primeiras posições em um GP desde a etapa da Hungria de 2017

Lance

Sebastian Vettel arrow-options
Divulgação/F1
Sebastian Vettel venceu o GP de Singapura

Sebastian Vettel conquistou sua primeira vitória da Fórmula 1 desde o Grande Prêmio da Bélgica de 2018, realizado no dia 26 de agosto, quebrando um jejum sem vitórias de quase 13 meses depois de liderar uma dobradinha da Ferrari no GP de Singapura deste domingo. Charles Leclerc cruzou a linha de chegada na segunda posição. A escuderia italiana não assegurava as duas primeiras posições em um GP desde a etapa da Hungria de 2017.

Leia também: Jean Todt fala sobre recuperação de Schumacher: “Vimos a corrida em sua casa"

Vettel largou de terceiro no grid e manteve sua posição durante as primeiras voltas atrás de Lewis Hamilton e Leclerc , que manteve a liderança depois de largar na pole position. O alemão foi antes para sua parada nos boxes da Ferrari e, após o pit stop de Leclerc, que veio na próxima volta, Vettel saiu à frente de seu companheiro de equipe.

A Mercedes apostou em uma estratégia diferente para Hamilton, segurando-o por mais algumas voltas no Circuito Urbano da Marina Bay, com o inglês voltando atrás da Red Bull de Max Verstappen.

Leia também: Ideia de inverter grid da Fórmula 1 irrita pilotos: "É uma merda"

Hamilton ainda tentou o ataque nas voltas finais da corrida, tentando a última posição no pódio do Grande Prêmio de Singapura , mas não conseguiu se aproximar o suficiente para atacar Verstappen e teve que se contentar com os 12 pontos.