Tamanho do texto

O piloto alemão não respeitou procedimento durante pesagem, manteve o motor ligado e quebrou balança durante o Q2 para o GP do Brasil

Vettel não desligou os motores durante pesagem e quebrou equipamento
Reprodução / F1 Mania
Vettel não desligou os motores durante pesagem e quebrou equipamento

O alemão Sebastian Vettel foi punido em 25 mil euros (cerca fe 105 mil reais) por naõ ter desligado os motores durante a pesagem e ter quebrado a balança durante o Q2 neste sábado (10). O piloto porém, não perdeu posições no grid de largada do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 .

Leia também: Hamilton bate recorde de Interlagos e garante pole position do GP do Brasil

Com pressa para retornar à garagem, Vettel ainda bateu em um cone e gesticulou para os fiscais da prova, que tiveram que sair da frente para não serem atropelados.

Após o treino classificatório, o almão foi chamado à sala dos comissários e alegou não ter entendido as instruções dos oficiais. A FIA considerou a versão e optou por não mexer no grid de largada para a corrida deste domingo.

Confira o veredito da FIA:

Leia também: Haas confirma Pietro Fittipaldi como piloto de testes na Fórmula 1 para 2019

“Os comissários reviram as evidências em vídeo da câmera onboard e das câmeras de segurança e analisaram a telemetria do motor, além de ouvir o piloto do carro #5 um representante da equipe.”

“Primeiramente, os comissários consideraram se houve um descumprimento do Artigo 29.1. Como o piloto parou na garagem da FIA e mais tarde desligou o motor, mesmo que não no momento esperado pelo procedimento estabelecido, e o peso foi obtido, estes elementos satisfazem os pré-requisitos do regulamento, e, portanto, os comissários consideraram que não houve descumprimento”.

“Mesmo assim, os comissários dão direções aos pilotos na balança para que o procedimento de pesagem seja feito de forma ordenada e segura, sem a possibilidade de danificar a balança".

“Os comissários observaram que o piloto não desligou o motor no momento em que lhe foi pedido, derrubou um cone de sinalização para evitar que o piloto suba na balança, o que ele fez posteriormente. Naquele momento, lhe foi mostrado uma placa que pedia para que os freios fossem acionados por um fiscal que estava à sua frente. E, enquanto ele não atingiu o fiscal, ele o forçou para fora da balança enquanto subiu. E aí ele desligou o motor”.

“Uma vez que o peso foi obtido, ele não esperou que o fiscal empurrasse o carro para fora da balança. Por mais que os comissários aceitem que ele talvez tenha entendido errado a indicação, ele ligou o carro novamente e dirigiu para sair da balança, o que não é o procedimento, já que isso pode danificar a balança – o que aconteceu”.

“Por mais que ninguém tenha se machucado e os comissários aceitarem que ele não tenha deixado a balança de forma imprudente, o procedimento é estabelecido exatamente para evitar danos ou situações perigosas”.

Leia também: Ayrton Senna não estava feliz com sua vida e bastante chateado com Schumacher

Neste domingo (11), Sebastian Vettel será o segundo a largar no Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, atrás apenas do pentacampeão Lewis Hamilton.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.