Lewis Hamilton ganhou nove posições em corrida cheia de emoções para vender o GP de São Paulo
Divulgação/F1
Lewis Hamilton ganhou nove posições em corrida cheia de emoções para vender o GP de São Paulo

O maior campeão da história da Fórmula 1 teve um final de semana épico e venceu o GP de São Paulo. Lewis Hamilton largou na 10ª posição e só tomou a ponta 59ª volta quando ultrapassou Max Verstappen, que fechou a corrida em segundo.

Após uma punião nos treinos livres,  o britânico largou na última posição no sprint do sábado. Ele finalizou o sprint race em quinto , e depois de nova punição, foi obrigado a largar em 10º.

Valtteri Bottas, que largou na pole, fechou o pódio na terceira posição. Ele foi ultrapassado pelos dois carros da Red Bull, que fizeram uma ótima largada. Enquanto isso, Hamilton ia ganhando posições e se aproximando da equipe rival.

Já na décima volta o piloto da Mercedes ocupada a terceira posição. Quando o safety car entrou na pista, Hamilton esboçou uma ultrapassagem, mas sem sucesso. Foi só na 18ª volta que o atual campeão ultrapassou Sergio Pérez e pode se aproximar do holândes líder do campeonato.

Leia Também

Na volta 48 o inglês colocou o carro na frente do rival, que com uma manobra perigosa e emocionante não permitiu a ultrapassagem, fazendo com que ambos fossem para fora da pista.

O momento mais emocionante ficou para a 59ª volta: Hamilton colou novamente em Verstappen e, sem muita dificuldade, assumiu a liderança da prova para não sair mais.

Para tornar a vitória ainda mais emocionante para os fãs que estiveram em Interlagos, Hamilton tirou a bandeira do Brasil para fora do carro durante a comemoração - ao maior estilo Ayrton Senna - e subiu com ela no pódio para comemorar a vitória.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários