Tamanho do texto

Caio Collet é uma das promessas do automobilismo nacional e foi campeão da F4 francesa em 2018; ele participará da Fórmula Renault Eurocup

Uma das grandes promessas do automobilismo brasileiro, Caio Collet foi anunciado na última terça-feira (22) como novo membro do programa de jovens pilotos da Renault, o Renault Sport Academy.

Leia também: Sete motivos que fazem de 2019 um ano especial para o automobilismo

Caio Collet é uma das promessas do automobilismo brasileiro e foi campeão da F4 francesa em 2018
Divulgação
Caio Collet é uma das promessas do automobilismo brasileiro e foi campeão da F4 francesa em 2018

Aos 16 anos, o brasileiro foi confirmado pela equipe francesa para participar neste ano da Fórmula Renault Eurocup. Collet possui uma carreira vitoriosa no kart e conquistou no ano passado a Fórmula 4 francesa, vencendo sete das 21 corridas disputadas, sendo uma delas no histórico circuito de Mônaco.

“Estamos felizes por confirmar Caio como piloto da Renault Sport Academy. O Brasil tem uma história de respeito com diversos pilotos de corrida reconhecidos mundialmente e o Caio tem todos os diferenciais para manter esta tradição", afirmou o Diretor da Renault Sport Academy, Mia Sharizman.

"Ele é um dos grandes talentos que temos na Academia da marca, com um excelente percurso nas provas de kart, tendo feito uma transição impressionante para as corridas monoposto, que culminou com sua vitória na Fórmula 4 Francesa", acrescentou.

Leia também: Com projeto voltado aos jovens pilotos, Ferrari assina com filho de Schumacher

Caio Collet , em sua declaração oficial, destacou que está ansioso e que irá se esforçar para fazer uma temporada muito boa. "Estou muito feliz em fazer parte da Renault Sport Academy. Na última temporada, foi uma grande motivação saber que haveria uma oportunidade de entrar para o programa como parte do prêmio para o vencedor da Fórmula 4 Francesa", ponderou.

"Minha sede de vitória só aumenta, pois quero mostrar à Renault que realmente mereço um lugar na Academia e isso significa ter uma temporada de sucessos nas pistas da Fórmula Renault Eurocup. Vou me empenhar bastante para atingir meus objetivos e não vejo a hora de trabalhar com a Renault e contar com todo o suporte que a marca oferece”, completou.

Para cuidar de sua carreira, o adolescente já conta com o apoio de Nicolas Todt, que também empresariou pilotos como Felipe Massa e atualmente trabalha com o francês Charles Leclerc, além de contar com o alemão Mick Schumacher, filho do maior campeão da Fómula 1, Michael Schumacher.

Os compromissos da jovem promessa brasileira começam cedo, com a ida ao Catar já na próxima semana para um período de treinamentos físicos com seus novos colegas e a dupla titular da Renault na principal categoria do automobilismo mundial, o australiano Daniel Ricciardo e o alemão Nico Hulkenberg.

Leia também: Ex-piloto Niki Lauda recebe alta de hospital em Viena após forte gripe

Além de Collet, alguns dos outros pilotos confirmados para o programa da Renault foram o chinês Guanyu Zhou, o francês Victor Martins e o britânico Max Fewtrell. Com o anúncio, o brasileiro se tornou o terceiro da história a fazer parte do programa de jovens pilotos da Renault. Antes dele, Fabio Carbone (2002) e Lucas di Grassi (2005 a 2007) passaram pela academia.