Tamanho do texto

Organizada pela FIA, a Fórmula E conta com carros elétricos mais lentos que os carros da Fórmula 1. A competição irá para sua quinta temporada

McLaren anunciou a saída do belga Stoffel Vandoorne da atual temporada da F1. O piloto irá para Fórmula E
Divulgação
McLaren anunciou a saída do belga Stoffel Vandoorne da atual temporada da F1. O piloto irá para Fórmula E

Após ter sua saída confirmada pela McLaren, o piloto Stoffel Vandoorne anunciou nesta segunda-feira (15) que disputará a Fórmula E na próxima temporada. Quem também anunciou uma investida na categoria em 2019 foi o brasileiro Felipe Massa.

O belga revelou em sua conta no Twitter que correrá na categoria pela HWA, equipe alemã que deve ser substituída a partir da temporada 2019/20 pela Mercedes. "Estou muito feliz por fazer parte da HWA na Fórmula E e por começarmos este novo desafio juntos", escreveu o piloto de 26 anos.

Os primeiros testes na nova escuderia começaram nesta terça-feira (16), em Valência, na Espanha. A temporada regular da Fórmula E começa em dezembro. O companheiro de equipe de Vandoorne será o britânico Gary Paffett, ex-piloto de testes da McLaren.

Vandoorne estreou na Fórmula 1 em 2016, no Grande Prêmio do Bahrein, para substituir Fernando Alonso, quando surpreendeu e conquistou um 10º lugar. O piloto foi promovido a titular no ano seguinte e teve como melhor resultado duas sétimas colocações, nos GPs da Itália e de Singapura.

Leia também:  Ex-chefe de Schumacher visita o alemão duas vezes por mês e faz mistério

Faltando quatro corridas para o fim da atual temporada da F1, Vandoorne tem como melhor resultado em 2018 um oitavo lugar no Bahrein. O piloto está na 16ª colocação na classificação geral, com oito pontos.

Felipe Massa na Fórmula E

Felipe Massa se aposentou da Fórmula 1 em 2017 e estreará na Fórmula E em 2019
Divulgação
Felipe Massa se aposentou da Fórmula 1 em 2017 e estreará na Fórmula E em 2019

Acompanhando Vandoorne, o brasileiro Felipe Massa anunciou ontem que irá participar da próxima temporada da Fórmula E. “Achei que ia ser um ano tranquilo, que eu ia ficar bastante tempo dentro de casa. Curti bastante. Mas eu não parei”, disse Massa em entrevista ao ‘Estado de S. Paulo’.

Depois de se aposentar da Fórmula 1, em 2017, Massa continuou pilotando na Stock Car em duas etapas neste ano. O desafio agora é dirigir carros elétricos , eles são mais lentos e percorrem circuitos de rua mais estreitos que a F1. A Fórmula E é organizada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e vai para a sua quinta temporada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.