Tamanho do texto

Com derrota, time fica em segundo lugar do grupo B e tem que torcer contra rivais para ver se avança às finais do torneio

Wallace vai até o banco para tentar recuperar jogada para o Brasil diante da Polônia
Divulgação/FIVB
Wallace vai até o banco para tentar recuperar jogada para o Brasil diante da Polônia

A seleção brasileira masculina de vôlei encerrou a primeira fase da Liga Mundial com derrota. O time de Bernardinho perdeu para a Polônia por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/23, 21/25 e 25/22. O tropeço custou a liderança do grupo e ainda pode dar um nó na preparação brasileira até os Jogos Olímpicos .

O que você achou do Brasil na primeira fase da Liga Mundial? Deixe seu recado

Com a vitória, a Polônia ficou com a ponta do grupo B e já está classificada para a fase final da Liga Mundial. Já o Brasil tem que esperar a definição das outras chaves para saber se avança, pois apenas o melhor segundo colocado garante vaga. O problema é que os demais grupos, ainda com duas rodadas a menos, só serão decididos entre os dias 30 de junho e 1º de julho.

Blog Mundo do vôlei: Final de semana de duas vitórias e duas derrotas e muito trabalho pela frente

Bernardinho já havia previsto problemas com o calendário durante a etapa de São Bernardo da Liga Mundial. "Caso a gente termine em segundo eu não vou saber se viajo para Sofia [capital da Bulgária] ou se fico me preparando no Brasil. Isso é ruim em um ano olímpico”, havia dito o treinador.

Leia também: No Grand Prix, Zé Roberto cobra regularidade do Brasil contra EUA

A fase decisiva da Liga Mundial será de 4 a 8 de julho na Bulgária e, desde que assumiu a seleção em 2001, Bernardinho nunca ficou fora da disputa. A pior colocação do time com o técnico foi o quarto lugar em 2008, às vésperas das Olimpíadas de Pequim.

O jogo

O primeiro set começou equilibrado, mas a Polônia conseguiu abrir já na parte final. Eles marcaram 18 a 16 e o Brasil ainda buscou o empate em 19 a 19. Entretanto, a seleção brasileira perdeu contra-ataque e ficou abatida em quadra, levando 25 a 22 dos poloneses na parcial.

Polônia passa pelo bloqueio do Brasil na vitória na Liga Mundial
Divulgação/FIVB
Polônia passa pelo bloqueio do Brasil na vitória na Liga Mundial

No segundo set, mudança na seleção e Leandro Vissotto, que havia entrado na primeira etapa, seguiu em quadra. De novo a Polônia se distanciu já no final da parcial, marcando 22 a 18 com um saque e bola que voltou de graça. O Brasil encostou em 22 a 21 na passagem de Thiago Alves pelo serviço e, depois, ainda salvou um set pointo no ataque de Vissotto. Mas a Polônia resolveu pelo meio e venceu mais um set, agora por 25 a 23.

Leia mais: Jogadoras convivem com lesões e “dilema” na preparação olímpica

Precisando vencer o terceiro set para seguir vivo, o Brasil buscou o empate em 8 a 8 e logo abriu quatro pontos de vantagem, voltando a bloquear mais. Com Vissotto no saque com direito a ace, a seleção marcou 19 a 12. A Polônia tentou complicar, encostou em 23 a 21 com ataques de Bartman, mas acabou derrotada. Com bloqueio duplo, seleção fez 25 a 21 e liquidou o set.

Mais uma vez, equilíbrio no jogo e o quarto set foi disputado ponto a ponto. A Polônia, com erros do Brasil, abriu 17 a 14. Depois, após saque errado de Murilo e um ataque para fora, a vantagem polonesa subiu para quatro pontos. A seleção ainda salvou um match point com Wallace, que havia acabado de entrar. Mas o dia era da Polônia, que fechou o jogo com um ataque, fazendo 25 a 22. 

No final, o maior pontuador da partida foi o polonês Kurek, com 21 bolas no chão. Do lado brasileiro, quem liderou foi Leandro Vissotto. O oposto, que teve uma arritmia cardíaca e passor por uma cirurgia, saiu do banco e jogo seus primeiros sets com titular neste domingo, marcando 19 pontos.