Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vascaínos tentam agredir árbitro e Dinamite diz que foi roubado

Presidente vascaíno repetiu discurso dos jogadores de críticas ao árbitro da partida na derrota para o Flamengo

iG São Paulo |

Futura Press
Vascaínos tentaram agredir árbitro após o jogo
Assim como os jogadores, que tentaram até agredir o juiz Wagner dos Santos Rosa, o presidente do Vasco da Gama criticou a atuação da arbitragem no clássico contra o Flamengo neste sábado. Roberto Dinamite chegou a afirmar que o time foi roubado na derrota de 2 a 1 , com um gol flamenguista aos 47 minutos do segundo tempo, em pênalti cobrado por Ronaldinho Gaúcho.

Deixe o seu recado e comente a notícia

A bronca do Vasco foi porque o árbitro não marcou um pênalti, que teria acontecido aos 33 minutos segundo tempo. O lateral Thiago Feltri foi empurrado na entrada da área e caiu. Ele recebeu cartão amarelo do árbitro por causa de simulação.

VEJA TAMBÉM: Ronaldinho marca nos acréscimos e Fla derrota Vasco no Engenhão

“Eu já fui jogador. Isso é roubo. Teve pênalti para o Vasco que ele não deu”, afirmou Dinamite. O discurso foi semelhante ao dos jogadores do time. "Isso é uma vergonha. Quatro jogos que a gente não tem um pênalti” reclamou Diego Souza, que marcou o único gol vascaíno na partida.

Até mesmo o sempre calmo e ponderado técnico do Vasco, Cristovão Borges, fez reclamou. “Eu não falo da arbitragem porque fica um discurso repetitivo, mas é uma pena o que aconteceu”, comentou.


 

Leia tudo sobre: VascoFlamengoRoberto DinamiteRonaldinho Gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG