Tamanho do texto

"Hoje, nem acho que deixamos escapar. Jogamos com um a menos e até dois em um momento", disse o atacante

O empate por 1 a 1 com o Avaí manteve o Palmeiras distante das primeiras posições do Campeonato Brasileiro e ainda aumentou a série sem triunfos do clube. No entanto, o atacante Kleber enalteceu a postura da equipe do Palestra Itália no jogo em que teve dois jogadores expulsos.

"Fica cada vez mais difícil. Hoje (domingo), nem acho que deixamos escapar. Nosso time está de parabéns pela determinação e a entrega. Jogamos com um a menos e até dois em um momento", comentou o jogador.


Rivaldo foi o primeiro jogador expulso neste domingo, na Ressacada, ainda no primeiro tempo. No início da etapa final, Gerley também recebeu o cartão vermelho. Instantes depois, o Avaí perdeu Rafael Coelho, excluído de campo.

"Não acho que as expulsões foram por perder a cabeça, talvez tenha existido uma entrada mais forte, na vontade de tomar a bola. No lance do Rivaldo, acho que não precisava (dar o cartão vermelho), tiveram outras faltas iguais e não aconteceu nada. Pela situação do jogo, nosso time teve hombridade", acrescentou.

Kleber ainda considerou um azar o gol marcado pelo Avaí, que saiu no desvio do zagueiro palmeirense Henrique depois do chute rasteiro de Batista.

"A fase não é boa. A bola bateu na perna, subiu e foi para o gol. Falta bastante para nosso time, mas a sorte não tem estado ao nosso lado", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.