Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após superar Robinho, Neymar minimiza feito: “É meu ídolo"

O craque marcou três gols contra o Guaratinguetá e figura como o quarto maior artilheiro do Santos na era pós-Pelé

Gazeta |

AE
Neymar pula para comemora junto à galera
A noite desta quinta-feira foi histórica para a carreira de Neymar. Com os três gols sobre o Guaratinguetá, na goleada de 5 a 0, na Vila Belmiro, o craque ultrapassou o atacante Robinho e se tornou o quarto maior artilheiro do Santos na era pós-Pelé. Agora, a Joia possui 95 gols contra 94 do Rei das Pedaladas.

Apesar desse feito expressivo, Neymar preferiu não estabelecer comparações com Robinho, a quem classificou como um ídolo pessoal. “Não jogo para ser o melhor ou para passar alguém. Robinho é meu ídolo, vocês (jornalistas) sabem disso. E ídolo está sempre acima de tudo”, afirmou.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Neymar alcançou esse número em apenas 173 jogos, enquanto Robinho vestiu a camisa da equipe em 213 oportunidades, em suas duas passagens pela Vila. Juntos, os dois atacantes ajudaram o time a ganhar o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, no primeiro semestre de 2010.

Leia mais: Neymar e Ganso já dão "dor de cabeça" ao técnico do Inter

Com os gols sobre o Guará, Neymar também chegou a 24° posição no ranking dos maiores artilheiros da história geral do clube. Pelé lidera essa lista, com 1.091 gols.

Veja também: Inter vê poucas chances de ter D´Ale e Guiñazu contra o Santos

Indagado sobra até onde pode escrever o seu nome na história do Santos, a Joia manteve o discurso humilde. “Quero apenas trabalhar, evoluir. Não me preocupo em ser artilheiro, o meu negócio é bola dentro da rede. Quando chega para mim, o que eu quero é ir para o gol. Quero ajudar o Santos sempre, o que para mim é o mais importante”, concluiu.

Entre para a torcida virtual do Santos:

Leia tudo sobre: NeymarRobinhoSantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG