Fifa deve pagar até R$ 5 milhões ao Real Madrid por lesão de Marcelo

Lateral esquerdo sofreu uma fratura durante treino da seleção brasileira e só deverá voltar a jogar no ano que vem

Gazeta |

Reprodução
Marcelo posa com o pé engessado, pouco antes de deixar o grupo da seleção

No início desta semana, o lateral Marcelo, do Real Madrid, sofreu uma fratura e só deverá voltar a jogar em 2013. A contusão, sofrida durante um treinamento da seleção brasileira, que se preparava para um amistoso contra o Japão, irá custar caro aos cofres da Fifa: a entidade máxima do futebol mundial deverá desembolsar até R$ 5 milhões ao clube espanhol, que ficará desfalcado.

Concorda com a multa por causa da lesão de Marcelo? Opine

Isto porque o Programa de Proteção de Clubes da Fifa, oficializado recentemente, prevê uma indenização diária de cerca de R$ 54 mil, pelo menos até que o jogador se recupere. Com operação em seu tornozelo direito marcada para esta sexta-feira, em Amsterdã, o lateral esquerdo de 24 anos tem o prazo de recuperação estimado em três meses.

"É uma questão nova. O Programa de Proteção de Clubes existe desde junho deste ano. O caso do Marcelo é o primeiro. Depois de muitos anos de briga, a própria Fifa elaborou uma forma de indenizar os clubes. Ela fez uma apólice de seguro coletivo para todos os jogadores que entrarem em campo em datas Fifa no valor de € 7,5 milhões por ano e por jogador. Isso dá aproximadamente € 20,5 mil por dia", explicou o advogado Marcos Motta, especializado em direito esportivo.

De acordo com informações da imprensa espanhola, Marcelo será operado pelo holandês Niek Van Dijk, especialista em lesões no tornozelo e responsável por uma artroscopia de Cristiano Ronaldo, outro merengue, no último dia 7 de julho de 2008. Se tudo der certo, a operação poderá fazer com que o prazo de três meses seja reduzido.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: MarceloFifaReal Madridseleção brasileiraespanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG