Coritiba vence a Ponte e abre distância para a zona de rebaixamento

Com a vitória, o time paranaense abriu cinco pontos de vantagem para a zona da degola do Campeonato Brasileiro

Gazeta |

O Coritiba conseguiu acabar com o jejum de vitórias no Campeonato Brasileiro ao vencer a Ponte Preta por 1 a 0, no Estádio Couto Pereira, somando três pontos preciosos para ganhar alguma folga em relação à zona de rebaixamento. Com 32 pontos, o Coritiba segue na 16ª colocação, dois pontos atrás da Ponte Preta, que vem logo em seguida.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Depois de pressionar, o Coritiba conseguiu abrir o placar aos 41 minutos da primeira etapa, com Deivid, que aproveitou cruzamento de Gil para mergulhar e balançar as redes. Depois do intervalo, a partida ficou mais equilibrada, mas a equipe da casa soube administrar bem o resultado.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Na próxima rodada, o Coritiba volta a campo na quinta-feira, quando enfrenta o Palmeiras em partida marcada para a Fonte Luminosa, em Araraquara. Já a Ponte Preta terá pela frente o Náutico, quarta-feira, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Gazeta Press
Deivid comemora após abrir o placar no Couto Pereira

O jogo

O Coritiba começou tentado impor seu jogo. Aos três minutos, Dênis chutou rasteiro e Ferron desviou pela linha de fundo. Na resposta, Marcinho abriu espaço e arrematou para defesa de Vanderlei, aos cinco minutos. O Coxa pressionava, mas encontrava uma marcação bem postada pelo time campineiro. Aos 14 minutos, Victor Ferraz tirou a marcação, levantou para Deivid, que testou firme para grande defesa de Roberto.

Precisando fazer a lição de casa, Coritiba atacava e arriscava do jeito que dava. Aos 17 minutos foi a vez de Deivid bater de fora da área, mas carimbar o próprio companheiro no meio do caminho. O atacante desviou de cabeça na área, aos 20 minutos, e levou perigo. O ritmo da partida caiu um pouco, com a forte marcação imposta pela Ponte Preta. Aos 27 minutos, Primão cruzou e Ferron se esticou para cortar.

Gazeta Press
Demerson tenta afastar o perigo

Nas arquibancadas o torcedor coxa-branca, que apoiava desde o inicio da partida, começava a se mostrar impaciente com o time. Depois de um apequena paralisação por conta de um laser vindo da arquibancada, o Coritiba voltou a assustar, aos 39 minutos, com o baixinho Rafinha testando à esquerda da meta. A blitz deu resultado aos 41 minutos. Gil chegou na ponta e cruzou para Deivid, que mergulhou para mandar para o fundo das redes.

Na segunda etapa, as equipes retornaram sem nenhuma modificação. Aos quatro minutos, William avançou pelo meio e arriscou o chute da intermediária, por cima da meta de Roberto. Na resposta, João Paulo cobrou falta e Vanderlei mostrou reflexo para defender. Aos 10 minutos, Lincoln ajeitou com categoria, e Deivid apareceu para mandar o petardo para fora.

A Ponte Preta começou a gostar da partida. Aos 16 minutos, Tony cobrou falta fechada e Victor Ferraz apareceu para ceder escanteio. Após a cobrança, Roger desviou quase embaixo das traves para fazer o gol. O árbitro anulou anotando impedimento. Preocupado, Marquinhos Santos tirou Lincoln para a entrada do peruano Ruidíaz. Aos 27 minutos, Ruidíaz chapelou o zagueiro e chutou em cima da defesa.

Os treinadores queimaram suas substituições tentando dar um novo ritmo à partida. Aos 34 minutos, Roger recebeu em velocidade, mas dominou a bola com a mão. A Macaca tinha maior posse de bola e buscava pressionar, mas era a vez dos paulistas pararem na marcação. Renê partiu para a jogada individual, aos 43 minutos e Ruidíaz apareceu para ajudar a marcação e garantir o três pontos suados.

Confira as fotos dos jogos desta quinta-feira:


FICHA TÉCNICA

CORITIBA 1 X 0 PONTE PRETA

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: 4 de outubro de 2012, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcio Chagas da Silva.
Assistentes: Thiago Gomes Brigido e Marcelo Bertanha Barison.
Cartões amarelos: Escudero (Coritiba); Rildo, Renê Junior (Ponte Preta)

Gols: CORITIBA: Deivid, aos 41 minutos do primeiro tempo

CORITIBA: Vanderlei, Victor Ferraz, Demerson, Escudero e Denis; Willian, Gil, Lincoln (Ruidiaz) e Thiago Primão (Robinho); Rafinha (Roberto) e Deivid
Técnico: Marquinhos Santos

PONTE PRETA: Roberto; Tiago Alves, Ferron e Diego Sacoman; João Paulo, Baraka, Renê Júnior, Marcinho (Tony) e Cicinho (Ricardinho); Rildo (André Luiz) e Roger
Técnico: Guto Ferreira

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: CoritibaPonte PretaBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG