Arthur Miani, jovem da pequena Monte Alto-SP, foi aprovado para integrar a base catalã

Arthur impressionou nos testes em Barcelona
Arquivo pessoal
Arthur impressionou nos testes em Barcelona

Um jovem brasileiro terá a chance de seguir os passos do argentino Lionel Messi no Barcelona . Arthur Miani, garoto de apenas 6 anos nascido em Monte Alto (cidade de 47 mil habitantes a 350km da capital São Paulo), foi aprovado em teste e recebeu convite para treinar por uma temporada na FCBEscola, divisão da base catalã, com possibilidade de ficar em definitivo para ser usado pela equipe principal no futuro. O pequeno craque foi inscrito pela irmã no programa de novos talentos do Barça e participou de duas provas na Espanha. Nesta sexta-feira, o time enviou e-mail e confirmou a aprovação de Arthur, que recebeu a notícia de seu pai.

ESPECIAL:  Diretor do Barça conta ao iG os segredos da melhor base do mundo

"Eu e a mãe dele fomos buscá-lo na aula e contamos para ele. Ele é muito tranquilo, ficou muito feliz, satisfeito. Mas ele ainda tem 6 anos, não tem muita noção do que representa tudo isso, do que ele alcançou. Ele só gosta de jogar bola, de brincar. Na hora que dei a notícia, ele até falou: 'Ah, foi fácil!'", disse ao iG Adílson Miani, advogado e pai da mais nova promessa do Barcelona. Segundo Adílson, Arthur foi convidado para ficar durante a temporada 2012/13 na FCBEscola (que fica ao lado do estádio Camp Nou), e deve morar na Espanha com a mãe, Eliana.

Veja gol e comemoração de Arthur e comente sobre o jovem craque

"Ele (Arthur) foi chamado para a temporada 2012/13. Aí vamos ter que ver como ele reage, se vai atender as expectativas deles (Barcelona). Eles treinam duas vezes por semana e jogam aos sábados, e os meninos que vão desenvolvendo bem vão ficando. Eles começam os trabalhos em setembro, e a mãe dele vai para a Espanha para ficar responsável pelo Arthur", explicou Adílson, que também revelou o assédio de um time do Estado de São Paulo pelo jovem craque. O nome da equipe, porém, foi mantido em sigilo pelo advogado.

CONFIRA:  Educação e “bobinho” são segredos da base do Barça, diz Xavi

Detalhe do e-mail enviado pelo Barcelona a Arthur
Reprodução
Detalhe do e-mail enviado pelo Barcelona a Arthur

Para ser convocado pelo Barcelona, Arthur teve que passar por dois testes. No primeiro, realizado em 12 de maio, ele passou por peneira com garotos de todo o mundo e se destacou com cinco gols. Depois, em 2 de junho, esteve ao lado de 80 garotos aprovados no primeiro teste. Com mais três tentos, o garoto impressionou os técnicos do Barça e foi aprovado, assim como Lionel Messi, levado para o time catalão aos 13 anos. De acordo com Adílson Miani, os testes feitos pela equipe catalã são feitos de acordo com a filosofia implantada pelo ex-técnico Josep Guardiola.

VEJA TAMBÉM: Tito Vilanova diz que não teme suceder Guardiola no Barcelona

"Eles só querem que a criança brinque com a bola. Lá não tinha muitas regras, às vezes a bola saia e não era nada, era um jogo bem livre. O Arthur estranhou um pouco o campo society (grama sintética), e também estava muito cansado por causa das viagens, com o fuso-horário, nem dormiu direito lá. Sou suspeito para falar, mas ele assim foi muito bem", diverte-se Adílson, que diz não pressionar o filho para ser jogador de futebol. Relembre outros craques precoces :

E MAIS:  Barcelona descarta vender o lateral direito brasileiro Daniel Alves

"Ele é uma pessoa muito determinada, dedicada, nunca chega atrasado para nada. Essas características vão ajudá-lo a alcançar seus objetivos, não importa em que profissão, seja futebol ou outra coisa. Ele ainda não sabe se vai ser jogador, tem só 6 anos, gosta de brincar de bola com os amigos, no clube. Mas do jeito que ele gosta de futebol, e se Deus der saúde para ele, dificilmente ele vai largar", afirmou.

Arthur já conhece o Camp Nou, estádio do Barça
Arquivo pessoal
Arthur já conhece o Camp Nou, estádio do Barça

Novos amigos em Barcelona
Perto de ver o filho partir para a Espanha, Adílson admite que vai sentir saudades, mas diz que sabia que isso poderia acontecer quando levou o filho para o primeiro teste na FCBEscola: "Tudo tem seu preço. Sabíamos que seria assim desde o primeiro teste. Mas (a Espanha) não é tão distante, dá para manter contato pelo computador. Temos que pagar o preço se isso for o melhor apra ele. Lógico que é difícil, mas vai valer a pena. Porém, a gente ainda não sabe como será, como ele vai reagir a isso tudo", avisa.

ESPECIAL:  Inspirado em Messi, Barcelona aposta em "imigrantes" na base

Para o pai, inclusive, Arthur não terá dificuldades para deixar os amigos da escola e do clube para trás. Adílson diz que o jovem craque é muito sociável e fará novos amigos na base da equipe catalã. "Ele se relaciona muito bem com outras pessoas, então fará novos amigos com facilidade. Em outros escolas, nos campos de futebol, ele vai assimilar e com certeza fará novas amizades. Em questão de tempo ele se enturma. Lá mesmo quando foi fazer os testes ele saia brincando com a bola, mesmo sem entender o que os outros meninos falavam, e ficava brincando com ele". afirmou.

Arthur se diverte no Camp Nou. Garoto vai integrar a base do Barça e pode jogar ao lado de um veterano Messi
Arquivo pessoal
Arthur se diverte no Camp Nou. Garoto vai integrar a base do Barça e pode jogar ao lado de um veterano Messi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.