Tamanho do texto

O tenista espanhol operou o tornozelo em novembro e desistiu do US Open 2018 por dores abdominais. Domingo ele enfrenta Berdych nas oitavas

Rafael Nadal está classificado para as oitavas de final do Australian Open
Reprodução
Rafael Nadal está classificado para as oitavas de final do Australian Open

Recuperado de uma cirurgia no tornozelo, o tenista espanhol Rafael Nadal se classificou para as oitavas de final do Australian Open após vencer o jovem Alex de Minaur nesta sexta-feira (18) e comemorou o bom início de ano.

Leia também:  Eliminado na primeira fase do Australian Open, Murray rechaça aposentadoria

“O poder de ganhar hoje foi uma notícia muito boa para mim e poder vencer em três sets (parciais 6/1, 6/2 e 6/4) é melhor ainda”, confirmou Rafael Nadal . “De Minaur vinha de sete vitórias seguidas. Se somarmos que ele joga em casa e que o público está com ele, o fez um rival bem complicado”, ressaltou.

Após a partida, o atual número 2 do mundo do tênis também comentou sobre sua forma física. “Consegui ganhar as partidas com grande firmeza. Estou muito contente pela forma que consegui. Não é fácil depois de estar muito tempo sem poder competir. Não digo que esteja aqui pronto para ganhar o torneio porque cada partida é diferente e não se sabe o que acontecerá na próxima”.

Leia também:  Maya Gabeira e Medina são indicados ao 'Oscar do Esporte' na categoria ação

Rafael Nadal pegará o tcheco Tomás Berdych pelas oitavas de final do Australian Open . O jogo será disputado no domingo (20), com horário ainda a definir. Os outros confrontos de oitavas que já estão confirmados são entre Tsitsipas e Federer; Cilic e Bautista; Tiafoe e Dimitrov.

A terceira rodada da fase de grupos ainda terá seis partidas neste sábado entre Fábio Fognini x Pablo Busta; Pierre-Hugues Herbert x Milos Raonic; Djokovic x Shapovalov; Coric x Krajinovic; Zverev x Bolt e Pouille x Popyrin.

Leia também:  Amanda Nunes promove campeonato de futebol feminino em sua cidade

Em toda sua carreira, Rafael Nadal disputa 24 Grand Slam, vencendo 17 vezes. Na Austrália foi campeão apenas em 2009 e chegou na final em outras três oportunidades perdendo duas para Djokovic, atual número 1 do mundo, e a outra para Roger Federer.