Tamanho do texto

Escrito em inglês, o slogan da candidatura de Paris para os Jogos Olímpicos de 2024 foi rejeitado pela população e considerado uma "traição linguística"

Slogan de Paris 2004 na Torre Eiffel, causando muita polêmica
Reprodução / Facebook
Slogan de Paris 2004 na Torre Eiffel, causando muita polêmica

O slogan da candidatura de Paris na disputa para ser a sede dos Jogos Olímpicos de 2024 gerou polêmica na França. A frase "Made for sharing", ("feito para compartilhar") escrita em inglês provocou reações negativas de todos os setores. A rejeição dos franceses já havia começado desde o dia 3 de fevereiro, quando foi lançado o nome da campanha da "cidade luz" na disputa.

LEIA MAIS: Los Angeles aprova candidatura para os Jogos Olimpícos de 2024

O lema adotado foi alvo de rejeição tanto de cidadãos comuns quanto de representantes políticos. Marina Le Pen, líder do partido Frente Nacional, de extrema-direita, concorre à presidência francesa e disse que a campanha se trata de um "insulto" e chamou o slogan de "traição linguística". A Academia da Língua Francesa também tomou frente e relembrou que o artigo 23 da Carta Olímpica afirma que "os idiomas oficiais do Comitê Olímpico Internacional (COI) são o francês e o inglês".

O slogan da candidatura de Paris ainda tem uma segunda versão, que diz "Venes Partager", 'venha compartilhar' em português. Apesar de escrito em sua língua-mãe, não foi o escolhido para a disputa. A Academia expressou de forma unânime sua desaprovação à decisão dos responsáveis pela campanha por darem prioridade à língua inglesa.

LEIA MAIS: Japão pede doação de smartphones velhos para fazer medalhas olímpicas

Repercussão

O presidente da Academia Goncourt, sociedade literária francesa, Bernard Pivot, expressou sua indignação em conversa com a rádio local "RTL". "Esse slogan é um erro e uma loucura", afirmou.

Um conjunto de empresas e associações da língua francesa decidiu recorrer à justiça para processar os responsáveis pela campanha, que, segundo eles, se trata de um "insulto". O comitê responsável, no entanto, fala em mudar o slogan para o antigo, inicialmente intitulado de "La force d'un reve" ("A força de um sonho"), "buscando dar um caráter mais universal ao projeto", afirmou o responsável pela candidatura parisiense, o canoísta francês e vice-presidente do Comitê Nacional Olímpico e Esportivo Francês (CNOSF), Tony Estanguet.

LEIA MAIS: Tóquio 2020 vai revisar regras sexistas em clube de golfe

Outros responsáveis pela ação também justificaram a escolha do slogan em língua inglesa. "Assim como todas as organizações que se dirigem a um público internacional, optamos por um slogan escrito em francês e em inglês."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas