Tamanho do texto

Das quatro medalhas de ouro conquistadas no levantamento de peso feminino, três delas serão devolvidas pelo uso de substâncias ilícitas

Xiexia Chen, Chunhong Liu e Lei Cao perderão suas medalhas de ouro e serão punidas por doping
Divulgação
Xiexia Chen, Chunhong Liu e Lei Cao perderão suas medalhas de ouro e serão punidas por doping

Vencedora do quadro geral de medalhas nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, a China perdeu nesta quinta-feira (12) três medalhas de ouro de atletas do levantamento de peso. A decisão foi tomada pelo Comitê Olímpico Internacional, o COI, por falha no exame de doping com as substâncias GHRP-2, GHRP-2 M2 (metabolito) e sibutramina, ambas proibidas.

Leia mais: Esquema de doping russo envolve mil atletas, diz relatório

Dentre os quatro ouros conquistados no levantamento de peso feminino, três deles serão devolvidos. Xiexia Chen (até 48kg), Chunhong Liu (até 69kg) e Lei Cao (até 75kg) foram desclassificadas e devolverão suas medalhas. Somente Yanqing Chen, da categoria até 58kg, não falhou no exame de doping .

Segundo o COI, as medidas foram tomadas para proporcionar condições de igualdade para todos os atletas nos Jogos. Assim, faz pré-testes específicos e reanálises de amostras armazenadas, colhidas entre 2008 e 2012.

"Neste caso, sugere um possível envolvimento da comitiva dos atletas e a Federação Internacional de Halterofilismo (IWF, sigla em inglês) é convidada a investigar essa situação e, se adequado, tomar medidas contra as pessoas relevantes", disse o COI.

O comitê ainda esclarece que as amostras foram realizadas com métodos aperfeiçoados para que detectem substâncias proibidas que não puderam ser identificadas na época dos Jogos em questão.

Leia mais: Polêmica sexual, doping e hacker: o fim de ano conturbado de jogador do Sevilla

Punidos

No mais recente teste, foram no total oito atletas desqualificados, nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e em Londres 2012.

A bielorrussa Nadzeya Ostapchuk, medalha de bronze no arremesso de peso nos Jogos Olímpicos da China, também será desclassificada pelo uso de turinabol e tamoxifeno.

Os outros quatro atletas punidos são: Darya Pchelnik (Bielorrússia), Intigam Zairov (Azerbaijão), Norayr Vardanyan (Armênia) e Sibel Simsek (Turquia). Os últimos três, punidos pelo uso de substâncias ilícitas nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Mesmo sem medalhas, serão desclassificados.

Leia mais: Por doping, COI suspende sete medalhistas em Londres 2012

Em outras ocasiões, o COI já tinha retirado pelo menos outros dez medalhistas do levantamento de peso por doping, do evento em 2008.