Tamanho do texto

Ao todo, 12 atletas foram suspensos por uso de turinabol e outras substâncias, em alguns casos. Quatro deles são da Rússia

A russa Yuliya Zaripova levou o ouro nos 3.000 metros com obstáculos e foi uma das punidas pelo COI
Divulgação
A russa Yuliya Zaripova levou o ouro nos 3.000 metros com obstáculos e foi uma das punidas pelo COI

O Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgou nesta segunda-feira a suspensão de mais doze atletas que participaram dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Entre eles, sete subiram aos pódios e conquistaram medalhas, sendo seis do levantamento de peso, além da russa Yuliya Zaripova, medalhista de ouro nos 3.000 metros com obstáculos, que irá devolver sua medalha juntamente com mais dois compatriotas.

LEIA MAIS: Calderano e Tsuboi conquistam ouro inédito para o tênis de mesa brasileiro

Todos os atletas foram suspesos pelo COI por usarem a substância turinabol, além disso, em alguns casos, ela foi associada a outro doping. Todo o material colhido de atletas participantes dos Jogos de Pequim, em 2008 e Londres, em 2012, tem sido reavaliado desde agosto para que sejam encontradas substâncias que passaram despercebidas durante as Olimpíadas.

LEIA MAIS: Ricardo Teixeira pegou "carona" em jatinho da CBF com escala em paraíso fiscal

Confira a lista completa dos atletas desclassificados: 

Yuliya Zaripova, da Rússia, ouro nos 3.000m com obstáculos do atletismo, por uso de turinabol. 

Nataliya Zabolotnaya, da Rússia, prata no levantamento de peso na categoria até 75kg, por uso de turinabol. 

Alexandr Ivanov, da Rússia, prata no levantamento de peso na categoria até 94kg, por uso de turinabol e tamoxifen. 

Cristina Iovu, da Moldova, bronze no levantamento de peso, na categoria até 53kg, por uso de turinabol.

Hripsime Khurshudyan, da Armênia, bronze no levantamento de peso na categoria acima de 75kg, por uso de turinabol e stanozolol. 

Iryna Kulesha, de Belarus, bronze no levantamento de peso categoria até 75kg, por uso de turinabol e stanozolol. 

Anatoli Ciricu, da Moldova, bronze no levantamento de peso da categoria até 94kg, por uso de turinabol. 

Andrey Demanov, da Rússia, quarto colocado no levantamento de peso da categoria até 94kg, desclassificado por uso de turinabol. 

Almas Uteshov, Cazaquistão, sétimo lugar no levantamento de peso até 94kg, por uso de turinabol e stanozolol.

Rauli Tsirekidze, da Geórgia, nono lugar no levantamento de peso da categoria até 85kg, por turinabol e stanozolol.

Margaryta Tverkokhlib, Ucrânia, 26º lugar no salto em distância do atletismo, por uso de turinabol e stanozolol.

Olaksandr Drygol, da Ucrânia, 34º colocado no arremesso do martelo, por uso de turinabol. 

LEIA MAIS: Prêmio Puskas: Marlone, Neymar e Messi são indicados ao gol mais bonito do ano

Esta medida faz parte da Agenda 2020, que é um pacote de métodos para fazer com que os Jogos Olímpicos fiquem mais sustentáveis. Na última semana, 16 atletas atletas que participaram dos Jogos de 2008 foram desclassificados pelo COI por usar substâncias proibidas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.