Tamanho do texto

Depois de sair perdendo o jogo por 2 sets a 0, equipe de Renan buscou virada heróica. Oposto Wallace (21 pontos) e ponteiro Lipe (15) foram destaque

Brasil vence Rússia de virada por 3 a 2
DIVULGAÇÃO/ FIVB
Brasil vence Rússia de virada por 3 a 2

Em uma virada espetacular, a seleção brasileira masculina de vôlei bateu a Rússia por 3 sets a 2 nesta quarta-feira (26) na primeira partida da Fase Final do Campeonato Mundial . Em Turim, na Itália, a equipe brasileira foi superada nos dois primeiros sets, mas virou o jogo e venceu com parciais de 20/25, 21/25, 25/22, 25/23, 15/12.

Leia também:  De volta a seleção feminina, Fernanda Garay está confiante para Mundial

O oposto Wallace foi o maior pontuador do Brasil , com 21 acertos, sendo 18 de ataque, um de bloqueio e dois de saque. Outro destaque ficou por conta do ponteiro Lipe, que marcou 15 pontos (13 de ataque e dois de bloqueio) e contribuiu, como de praxe, com sua energia em quadra.

"Quando acabou o set, eu falei que estávamos no controle do jogo, que eles não estavam sacando com toda a força. Estávamos perdendo algumas bolas de contra-ataque, sentia que nós tínhamos o controle do jogo, mas faltava alguma coisa para deslanchar. O Renan acertou muito nas substituições, o trabalho de equipe é assim, entra um para mudar o jogo e consegue”, disse Lipe.

Leia também:  Atleta de luta livre leva chutes na cabeça e perde memória em evento da WWE

O técnico Renan fez questão de elogiar o trabalho de todo o grupo. “Todos foram muito bem hoje, do Bruno, capitão, ao Maique, jovem de 20 anos, que entrou com muita personalidade, muita coragem”, destacou o comandante brasileiro.

E logo após a partida, Renan já estava focado no próximo compromisso do Brasil, que folga na rodada desta quinta-feira (27) e volta à quadra na sexta (28) para enfrentar os Estados Unidos , novamente às 12h.

“A comemoração acaba aqui. Vamos descansar e pensar já no time dos Estados Unidos, uma equipe que conhecemos muito bem. Não muda muito o planejamento, só se eles vencerem a Rússia, isso já nos garante, mas não tem que pensar dependente de ninguém, não. A seleção norte-americana nós conhecemos muito bem, não vamos buscar depender de ninguém, fazer a nossa parte, descansar, treinar bem e estuda-los”, concluiu Renan.

Leia também:  Torcedor da Roma é preso na Itália por morte de torcedor do Napoli

O Brasil já conquistou três títulos mundiais: em 2002, 2006 e 2010. Na mais recente edição, em 2014, fez a quarta final consecutiva, mas acabou superado pela Polônia, que jogava em casa, e ficou com a medalha de prata.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.