Tamanho do texto

Na segunda etapa da Liga Mundial de Surfe, cinco brasileiros avançaram para o próximo round e dois foram para a repescagem; confira os resultados

filipinho no surfe
WSL/ Divulgação
Filipinho teve as melhores notas do dia da segunda etapa do Mundial de Surfe, em Bells Beach

A segunda etapa da Liga Mundial de Surfe – WSL começou nesta quinta-feira em Bells Beach, na Austrália. Repetindo o feito de Golden Coast no início do mês, os brasileiros chamaram atenção no primeiro dia de baterias.

Leia também:  Cinco brasileiros concorrem em premiação de ondas gigantes; veja os vídeos

Campeão da primeira etapa do Mundial de Surfe , o brasileiro Ítalo Ferreira ficou a 33 centésimos de participar das repescagens, mas avançou diretamente para a próxima fase após disputa com Caio Ibelli e o havaiano Ezekiel Lau.

Filipe Toledo, o Filipinho, disputou bateria com Kelly Slater e Xavier Huxtable e deu show. O brasileiro acertou dois aéreos reverses e conseguiu as maiores notas do dia (7,60 e 8,27), avançando em primeiro.

“As ondas estavam bem divertidas. Fiquei assistindo às duas primeiras baterias do dia e percebi que a segunda e a terceira ondas da série estavam melhores. Eu fui nestas e graças a Deus que o meu plano funcionou. Estou feliz de ter avançado”, disse Filipinho.

O bicampeão mundial Gabriel Medina também passou de fase após derrotar Ryan Callinan e o vencedor da triagem local, Harrison Mann. O brasileiro tirou 7,2 e 6,5 para avançar em primeiro.

Outros brasileiros como Jadson André e Yago Dora também avançaram. Michael Rodrigues e Caio Ibelli foram para a repescagem.

Leia também:  Gilberto, lateral do Fluminense, sofre tentativa de assalto no Rio após jogo

Pelas condições das ondas, a Liga Mundial de Surfe anunciou que a próxima chamada para finalizar as primeiras baterias acontecerá nesta quinta-feira (18) as 17h45 no horário de Brasília e 06h45 de sexta-feira no horário da Austrália.