Tamanho do texto

Judoca de 26 anos é a primeira brasileira a conquistar dois ouros em mundiais, além de ser a recordista em idas ao pódio: cinco vezes

A brasileira Mayra Aguiar derrotou a japonesa Mami Umeki na decisão da categoria meio-pesado (até 78kg) do Mundial de Budapeste de Judô , nesta sexta-feira, com um waza-ari, e conquistou o segundo título mundial da sua carreira. A judoca se iguala a João Derly, o único atleta do Brasil a conquistar dois ouros em mundiais.

Leia também: Briga generalizada interrompe jogo de basquete na China; assista o vídeo

Na semifinal, Mayra Aguiar havia passado pela também japonesa Ruika Sato com um waza-ari e garantido o seu quinto pódio em mundiais, tornando-se a maior medalhista do Brasil na competição. Na fase anterior, ela passou pela francesa Audrey Tcheuméo, campeã mundial em 2011, prata nos Jogos do Rio (e algoz da brasileira) e bronze nos Jogos de Londres, com um ippon.

Mayra Aguiar derrotou japonesa na final e sagrou-se bicampeã mundial de judô
Divulgação
Mayra Aguiar derrotou japonesa na final e sagrou-se bicampeã mundial de judô

As duas primeiras lutas de Mayra, contra a eslovena Klara Apotekar, vice-campeã mundial júnior em 2015, e a austríaca Bernadete Graff, foram vencidas por ippon, o principal e fatal golpe do judô. Com a vitória em Budapeste, a judoca gaúcha repete o que fez em Chelyabinsk, em 2014. Ela acumula ainda uma prata e dois bronzes em Mundiais.

"Com certeza (o Derly) foi uma inspiração para mim desde novinha", disse Mayra, ainda ofegante na zona mista. "Estou muito feliz! Eu estava muito focada, tinha me preparado muito. Sabia o quanto era importante e o quanto é gostoso ganhar o Mundial. E agora sou bicampeã."

Leia também: Famoso empresário do boxe mundial inicia transição para se transformar em mulher

"O principal foi manter a cabeça sob controle e ficar focada sempre. Cada luta que passou, cada vitória foi um degrauzinho a mais. Essa foi a minha segunda competição depois dos Jogos Olímpicos. Gosto de ficar um tempo fora, poder me preparar melhor, fazer treino de base. É muito importante. Esse tempinho parada me dá mais fome de luta", completou.

As medalhas em Mundiais

Ouro - Budapeste - 2017
Ouro - Chelyabinsk - 2014
Prata - Tóquio - 2010
Bronze - Rio de Janeiro - 2013
Bronze - Rio de Janeiro - 2011

Em Jogos Olímpicos, a brasileira conquistou duas medalhas de bronze, no Rio 2016 e em Londres 2012. Mayra Aguiar tem ainda três medalhas em Joso Pan-Americanos: prata no Rio 2007 (até 70kg), bronze em Guadalajara 2011 e prata em Toronto 2015.

Leia também: Surfe: brasileiros são maioria nas oitavas em Pantin; veja baterias do Round 5

Bronze

Além de Mayra Aguiar, outra brasileira também medalhou no Mundial de Budapeste. O nome dela é Érika Miranda, que, na categoria até 52 kg, conquistou o bronze ao vencer a kosovar e atual campeã olímpica e bi mundial Majilinda Kelmendi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.