Tamanho do texto

Quarterback conquistou seu sexto título e se tornou o maior vencedor da história. Patriots também está na ponta, ao lado do Steelers

Tom Brady conquistou o Super Bowl pela sexta vez, se transformando no maior vencedor da NFL
NFL/DIVULGAÇÃO
Tom Brady conquistou o Super Bowl pela sexta vez, se transformando no maior vencedor da NFL

O New England Patriots venceu o Los Angeles Rams por 13 a 3 na noite deste domingo e conquistou o Super Bowl 53 realizado em Atlanta, consagrando o quarterback Tom Brady como maior campeão da NFL.

Leia também: NFL terá arbitragem feminina nos playoffs pela primeira vez na história

Tom Brady  faturou seu sexto título e se tornou o maior vencedor da liga nacional de futebol americano como atleta.

Além disso, aos 41 anos de idade, o quarterback é o mais velho da história a ser campeão. Já o New England Patriots , também com sua sexta taça, empatou com o Pittsburgh Steelers na liderança do ranking de maiores campeões.

Leia também: Jogador do Dallas Cowboys fratura tornozelo durante playoffs da NFL; assista

A decisão da NFL teve a pontuação mais baixa da história do Super Bowl e só registrou um touchdown na parte final do quarto período. "Foi um ano incrível, jogamos muito bem. Não posso acreditar que vencemos. É um sonho que se torna realidade, eu nunca teria conseguido sem o apoio da minha família", disse o atleta, que é marido da brasileira Gisele Bündchen.

Tom Brady conquistou o Super Bowl pela sexta vez, se transformando no maior vencedor da NFL
NFL/DIVULGAÇÃO
Tom Brady conquistou o Super Bowl pela sexta vez, se transformando no maior vencedor da NFL

“Estou muito orgulhoso de minha equipe. Olhe para isso, esta é a minha motivação para seguir", disse Brady, que descarta a aposentadoria dos gramados e pretende atuar até, pelo menos, os 45 anos de idade.

Já o técnico Bill Belichick, consolidado como comandante mais vencedor em Super Bowl, celebrou a conquista. "Este título é saboroso, muito saboroso. Este é um grande dia para nossa equipe. Nossos caras jogaram como campeões. Ninguém acreditava em nosso time, nem no início, nem na metade da temporada, mas aqui estamos".

Leia também: Fórmula 1 ultrapassa a NFL em média de público durante o ano de 2018

Julian Edelman foi escolhido o MVP da partida (melhor jogador). "Não foi um jogo bonito, mas vale mais uma vitória feita que uma derrota bonita. Foi uma no muito louco. Foi surreal”, resumiu o jogador, companheiro do experiente Tom Brady no Patriots.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.