Tamanho do texto

Shalane Flanagan desbancou queniana tricampeã da prova e tornou-se a primeira local a vencer a Maratona de Nova York desde 1977

Shalane Flanagan é a primeira norte-americana a vencer a Maratona de Nova York desde 1977
Reprodução
Shalane Flanagan é a primeira norte-americana a vencer a Maratona de Nova York desde 1977

A norte-americana Shalane Flanagan foi a grande campeã da prova feminina da Maratona de Nova York. Com a vitória em duas horas, 26 minutos e 53 segundos, a estadunidense anotou ainda um grande feito e quebrou o jejum do país de 40 anos. A última vez que uma local venceu a corrida foi em 1977, com Miki Gorman.

LEIA TAMBÉM: Atleta que esteve no Rio 2016 é encontrado morto em piscina; leia mais

Aos 36 anos de idade, Shalane deixou para trás a queniana Mary Keitany, que buscava neste ano, seu quarto título. A tricampeã da Maratona de Nova York completuou a prova em duas horas, 27 minutos e 54 segundos. Em terceiro lugar ficou a etíope naturalizada estadunidense Mamitu Daska, que fez o percurso em duas horas, 28 minutos e oito segundos.

LEIA TAMBÉM: Urso ataca e mata jovem atleta durante corrida no Alasca

A melhor brasileira na prova foi Adriana Aparecida da Silva, que terminou em 17º lugar com a marca de duas horas, 37 minutos e 22 segundos. Aos 36 anos, a natural da cidade de Cruzeiro é bicampeã pan-americana, tendo recebido medalha de ouro em Guadalajara 2011 e Toronto 2015.

LEIA TAMBÉM: Aos 101 anos, atleta conquista medalha de ouro nos 100m rasos

Prova masculina

Na corrida dos homens, o queniano Geoffrey Kamworor levou a melhor com o tempo de duas horas, 10 minutos e 53 segundos. Em disputa acirrada, ele venceu o compatriota Wilson Kipsang, que atravessou a linha de chegada apenas três segundos depois. A terceira posição ficou com o etíope Lelisa Desisa com o tempo de duas horas, 11 minutos e 32 segundos. A última vez que um norte-americano venceu a Maratona de Nova York foi em 2009, com Meb Keflezighi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.