Carol Solberg processa bolsonarista por difamação após ofensas e fake news
Divulgação
Carol Solberg processa bolsonarista por difamação após ofensas e fake news

A atleta de vôlei de praia Carol Solberg abriu um processo contra o youtuber bolsonarista Felipe Lintz, por divulgar notícias falsas sobre ela. A atual campeã do Superpraia solicitou na Justiça que o dono do canal "O Jacaré de Tanga" seja condenado 14 vezes por difamação e tenha dois vídeos excluídos.  Nesta sexta-feira, após conquistar o principal torneio do vôlei nacional, Carol criticou também a falta de compra de vacinas.

Veja fotos de Carol Solberg:


Os vídeos que tratam sobre a atleta começaram a ser publicados pelo youtuber em dezembro do ano passado, poucos meses após ela se manifestar por "Fora, Bolsonaro" após uma partida do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, em setembro.

Além de ofender a atleta, o influenciador digital afirma nos vídeos que ela teria perdido os patrocínios do Banco do Brasil como uma reação pessoal de Jair Bolsonaro à sua manifestação. No entanto, Carol nunca foi patrocinada pelo banco.

"Recebi muitas mensagens ao longo de tudo isso. Muita gente falando que tenho apoio do governo, mas não tenho nada. Está demais, porque esse cara é um cara que tem alcance muito grande, um milhão de seguidores. Ir contra isso é se posicionar. É um movimento importante: não deixar essas pessoas produzirem fake news. A gente precisa combater isso, eles precisam pagar o preço. Não foi uma frasezinha, não foi um comentário. Foi um vídeo de 10 minutos falando sem parar fake news de mim", disse Carol, em entrevista ao 'Olhar Olímpico'.

Você viu?

Felipe Lintz reúne mais de 1,22 milhão de inscritos em seu canal no YouTube, chamado "O Jacaré de Tanga". Em outro canal, que leva seu nome, tem 78,6 mil inscritos. O ex-candidato a prefeito de Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo, também possui uma página no Facebook com 63.522 seguidores e uma no Instagram com 10,5 mil seguidores.

"O Banco do Brasil (..) um patrocinador que fazia um investimento na jogadora com o meu e o seu dinheiro resolveu anunciar a saída do patrocínio da mesma jogadora. E é claro que tal atitude dela juntamente com a saída do Banco do Brasil, acabou afastando outros patrocinadores que tinham interesse em apostar na jogadora.", diz Lintz em um dos vídeos publicados.

Bárbara e Carol enfrentaram Vitória Mendonça e Andressa Cavalcanti pela final do Superpraia nesta sexta. Com uma vitória por 21/19 e 21/19, conquistaram o ouro e o primeiro título da parceria.

Relembre a polêmica

Em 20 de setembro do ano passado, a atleta gritou "Fora Bolsonaro" em entrevista transmitida ao vivo, durante o fim da disputa do torneio, no qual obteve medalha de bronze. Por conta do protesto, foi denunciada pela procuradoria nos artigos 191 (descumprir regulamento) e 258 (disciplina e ética esportiva) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Porém, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) absolveu a jogadora das acusações. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários