Evento de Seiwakai em SP, na praia de Juquehy, pregou união e respeito entre os praticantes
Luís Augusto Pacheco Ambar
Evento de Seiwakai em SP, na praia de Juquehy, pregou união e respeito entre os praticantes

Com o objetivo de pregar a união e respeito entre os praticantes do Seiwakai, os alunos e simpatizantes dessa arte se reuniram no litoral norte de São Paulo para uma sessão de treinos seguida de confraternização, o "Summer Training". O evento aconteceu no mês de fevereiro.

Leia também: Conheça a Seiwakai, organização de karatê do mestre Ademir da Costa

"A ideia é que esse evento de Seiwakai se transforme em parte do calendário da nossa organização, da Federação. Todo verão, começo de ano, pretendemos fazer esse treino, para ser um evento oficial no calendário. Como nós temos nossos campeonatos, seminários e cursos, agora firmamos esse treino", disse o Shihan Ricardo Granado, um dos organizadores.

Confira fotos do evento de Saiwakai na praia:

"É um evento que acontecia há muitos anos. O último havia acontecido há mais de 10 anos, em Mongaguá, depois nunca mais teve. Era uma coisa que deixava nosso mestre ( Ademir da Costa ) bastante chateado, porque é importante para a organização, onde reunimos todas as academias do estado de São Paulo para um treino na praia e depois uma festa de confraternização", disse o Sensei Jeferson Maran da Cruz, outro organizador.

Você viu?

Leia também: COI inclui surfe, karatê, beisebol, skate e escalada na Olimpíada de 2020

O karatê é uma arte marcial japonesa milenar que estará presente nos Jogos Olímpicos pela primeira vez na história em 2020, em Tóquio, e uma das organizações mais respeitadas do mundo é a do mestre brasileiro Ademir da Costa: a Seiwakai. O estilo foi criado em 1996 e é considerado bem agressivo, que tem como principal objetivo o nocaute.

Evento de Seiwakai em SP, na praia de Juquehy, pregou união e respeito entre os praticantes
Luís Augusto Pacheco Ambar
Evento de Seiwakai em SP, na praia de Juquehy, pregou união e respeito entre os praticantes

A Organização Internacional de Karatê de Combate Seiwakai está presente, atualmente, em seis países: Brasil, Uruguai, Chile, Bolívia, Rússia e Kuwait.

Leia também: Técnico da seleção de karatê diz que inclusão do esporte nos Jogos é "histórico"

O nome Seiwakai  tem um significado muito forte para os participantes, como conta Ricardo Granado. "Foi criado pelo Kancho Ademir da Costa. O 'sei' é a parte de treinamento, força e velocidade do atleta; o 'wa' é da união, da família, isso que queremos buscar; e o 'kai' é escola. Então juntamos força, parte rigorosa da disciplina, sem perder a base da união, tudo isso dentro da escola onde é ensinada", concluiu. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários