Tamanho do texto

Olimpíadas de Inverno em PyeongChang foram marcadas por números históricos e o mais importante, a união das Coreias do Sul e do Norte

Panda patina durante festa de encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno da Coreia do Sul
Reprodução
Panda patina durante festa de encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno da Coreia do Sul

Os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang foram encerrados neste domingo (25), com duas nações com maior número de medalhas de ouro: a Noruega e a Alemanha, ambas com 14 cada. O país nórdico, porém, venceu no total de medalha, com 39, contra 31 dos atletas alemães. Em terceiro lugar, ficou o Canadá, com 29 medalhas totais, seguido pelos Estados Unidos (23), Holanda (20), Suécia (14), Coreia do Sul (17), Suíça (15), França (15), Áustria (14), Japão (13) e Itália (10).

Leia também: Confira 10 curiosidades sobre os Jogos Olímpicos de Inverno da Coreia do Sul

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, destacou que o evento ajudou a Coreia do Sul e a Coreia do Norte a se aproximarem. "O esporte ofereceu uma ponte de paz e continuará fazendo isso mesmo quando a tocha se apagar", disse. "Bye Bye, Pyeongchang", completou ao declarar encerrados os Jogos Olímpicos de Inverno.

"Os Jogos receberam novas provas que atraem jovens gerações. A tecnologia digital permitiu a um maior número de países assistir os esportes de inverno de múltiplos modos. Posso afirmar sinceramente: os Jogos Olímpicos de PyeongChang-2018 são os Jogos de novos horizontes", afirmou o dirigente.

Leia também: Confira as mais belas atletas presentes nos Jogos de Inverno de PyeongChang

A delegação da Rússia não pode desfilar com a bandeira do país na festa de encerramento , devido a uma proibição do COI pelo escândalo de doping envolvendo dois atletas russos durante o torneio. Os esportivas usaram, então, uma bandeira "OAR"- Olympic Athletes from Russia.

A cerimônia foi assistida por Ivanka Trump, filha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump; pelo presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in; e por uma delegação da Coreia do Norte. A próxima edição dos Jogos Olímpicos de Inverno ocorrerá em Pequim, em 2022.

Leia também: Pais viajam 17 mil quilômetros de bike para ver o filho nos Jogos de Inverno

Entrou para a história

Os Jogos Olímpicos de Inverno em PyeongChang reuniram 2.925 atletas de 92 países para participar de 15 disciplinas de sete modalidades esportiva. O evento na Coreia do Sul é o maior já realizado em toda a história e contou com fatos inéditos, como o acordo entre as duas Coreias, a delegação russa parcialmente banida e aumento no número de mulheres participantes.