Tamanho do texto

A aventura dos pais de Mischa Gasser vai continuar, já que ambos ainda vão pedalar até o Japão

Pais de Mischa Gasser pedalaram da Suíça até a Coreia do Sul para acompanhar o filho nos Jogos de Inverno
Reprodução
Pais de Mischa Gasser pedalaram da Suíça até a Coreia do Sul para acompanhar o filho nos Jogos de Inverno

Os pais de  Mischa Gasser , um esquiador freestyle suíço, completaram uma verdadeira maratona para acompanhar o filho durante os Jogos de Inverno de Pyeongchang, na Coreia do Sul. 

Leia também: Conheça Mark McMorris, o atleta que saiu do coma e subiu no pódio na Coreia

Guido e Rita Ruttimann pedalaram mais de 17 mil quilômetros entre da cidade de Olten, de onde partiram em março do ano passado, até a cidade sul-coreana onde acontecem os Jogos de Inverno - e chegaram a tempo de acompanhar as disputas do jovem.

"Eu estou feliz de ver meu filho. Nós conseguimos! Foi fantástico", disse Guido à imprensa do parque olímpico nesta quarta-feira.

Leia também: Atleta japonês protagoniza o primeiro caso de doping em PyeongChang

A viagem

O casal atravessou 20 países pedalando, mas precisou pegar um avião para passar entre a fronteira do Cazaquistão e da China por questões burocráticas e de segurança. De lá, pegaram outro voo até Seul, na Coreia do Sul, onde chegaram no último sábado. Então, começaram a pedalar da capital sul-coreana até a cidade olímpica.

Leia também: Jogador que levou cabeçada na Premier League se aposenta por lesão no crânio

"Eu estava mais certo de que eles iam chegar aqui do que quando consegui a vaga para as Olimpíadas", brincou Gasser ao receber os pais na porte de um hotel de Pyeongchang. No entanto, a aventura da família não terminou. Após acompanhar as provas do filho nos Jogos de Inverno, eles vão pedalar até o Japão.